16 dias de ativismo: parceria entre SMPM e os Correios (SPPM/ Pref. São Paulo – 09/12/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Guia informativo dos serviços de atendimento à mulher em situação de violência será distribuído nas 600 agências dos Correios a partir desta semana
A secretária Municipal de Políticas para as Mulheres, Denise Motta Dau, fechou uma importante parceria com os Correios, que irão distribuir, a partir desta semana, 70.000 Mini Guias com informações, telefones e endereços dos serviços da Rede de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres da cidade de São Paulo.

Os Mini Guias serão entregues à população em geral nas 600 agências do município e aos 20.000 funcionários dos Correios. “As mulheres em situação de violência muitas vezes não sabem como buscar apoio e ajuda, por isso a importância dos Correios participarem na divulgação dos endereços da rede de atendimento psicológico e jurídico do município”, afirmou Denise Motta Dau.

“Temos 10 mil carteiros e carteiras nas ruas da cidade e nossa missão é conectar as pessoas. Se isso for feito com respeito, melhor”, disse Rosiane dos Santos, coordenadora Regional de Recursos Humanos dos Correios. Também estiveram presentes Antonio Carlos dos Santos (Gerente de Integração Social e Benefícios) e Lays Rodrigues (Supervisora de Ações de Cidadania e Serviço Social), dos Correios, e Dulce Xavier, secretária adjunta da SMPM e Lourdes Gurian, diretora de Formação e Ações Preventivas em Violência, da SMPM. “A divulgação é tão importante quanto o acolhimento. Se a mulher em situação de violência não estiver informada sobre os serviços, ela não irá procurar ajuda em um momento em que se encontra tão fragilizada”, ressaltou Dulce Xavier.

Elaborado pela SMPM, o Mini Guia de Serviços traz informações, endereços e telefones dos Centros de Referência de Atenção à Violência Contra as Mulheres (CRM), dos Centros de Cidadania da Mulher (CCM) e dos serviços da Secretaria da Assistência Social – Centro de Defesa e Cidadania da Mulher (CDCM).

No Guia estão também os endereços das Delegacias de Defesa da Mulher (DDM), os serviços da Prefeitura e do Estado que atendem a violência sexual, do Núcleo Especializado da Defensoria Pública e do Ministério Público e o DISQUE 180, canal direto de acesso aos serviços que integram a rede nacional de enfrentamento à violência contra a mulher.

Acesse no site de origem: 16 dias de ativismo: parceria entre SMPM e os Correios (SPPM/ Pref. São Paulo – 09/12/2015)