5 aplicativos contra a violência sexual feminina (Vila Mulher – 18/10/2014)

A tecnologia caminha a favor das mulheres. Nos últimos anos foram lançados vários aplicativos que ajudam a denunciar a violência doméstica e sexual contra as mulheres, tornando mais fácil o combate a esse problema. Veja quais são:

SOS Mulher: Esse aplicativo ainda está em fase de teste no Estado da Paraíba. A mulher que estiver passando por uma situação de risco, aciona o aplicativo, que é integrado ao Centro Integrado de Operação Policiais (Ciop), e logo uma viatura vai para onde a mulher está.

undefined

SOS Mulher (Foto: divulgação)

Lei Maria da Penha: Esse aplicativo é para quem quer ficar por dentro das leis e direitos das mulheres que sofrem violência doméstica. Ele recebe o mesmo nome da lei e serve para consulta. Esse aplicativo foi desenvolvido pela Organização das Nações Unidas.

undefined

Lei Maria da Penha (Foto: divulgação)

Chega de Fiu Fiu: Ele funciona como um mapa dos locais onde a violência ocorreu. Pode ser verbal, física, perseguição, etc. A mulher que passou por isso, anonimamente, vai no mapa e marca o local do ocorrido. A intenção é descobrir quais são os lugares mais críticos em relação aos abusos no Brasil.

undefined

Chega de Fiu Fiu (Foto: divulgação)

For You: Esse aplicativo foi criado por 6 adolescentes brasileiras e visa combater o slut shaming, a violência virtual. Nele a usuária encontra outras mulheres que passaram pelo mesmo problema, como fotos nuas que vazaram na internet. A ideia é restabelecer a autoestima de quem passou por esse problema.

undefined

For You (Foto: divulgação)

Agentto: Esse aplicativo está interligado a uma rede de 12 pessoas de confiança da mulher. Se algo de errado acontecer com ela, essas pessoas recebem um aviso. Nele ainda é possível criar grupos, que também podem ser acionados caso a violência aconteça.

undefined

Agentto (Foto: divulgação)

Helena Dias

Acesse no site de origem: 5 aplicativos contra a violência sexual feminina (Vila Mulher – 18/10/2014)