Ação contra estupro chama atenção com mensagem: “Se eu não posso dizer não, eu não posso dizer sim” (Adnews – 05/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Se alguém está inconsciente, como o próprio termo sugere, essa pessoa não está apta a tomar nenhuma decisão de forma consciente, e isso inclui consentir ou não a participar de atos sexuais. Se não há consentimento, é estupro e não sexo.

Algo tão óbvio infelizmente ainda não foi compreendido por muita gente e é por isso que ações como esta se fazem necessárias. Lançada pelo movimento “Know No”, a campanha tem como objetivo chamar a atenção do público para o problema. A motivação do movimento é principalmente o boom de ocorrências de estupro e assédio sexual em campi universitários dos Estados Unidos.

A ideia foi fazer uma intervenção no cotidiano das pessoas para mostrar que esse é um problema a ser debatido e combatido com urgência. Para isso, um grupo de bailarinos da companhia Marc, em parceria com a agência Red Snake, tomaram as ruas de Chicago. Fingindo dormir em um banco ou degrau, os artistas tinham consigo uma placa que dizia “Se eu não posso dizer não, eu não posso dizer sim”. A provocação chamou a atenção de quem passava por eles.

Confira no vídeo case abaixo:

Acesse no site de origem: Ação contra estupro chama atenção com mensagem: “Se eu não posso dizer não, eu não posso dizer sim” (Adnews – 05/09/2016)