Ação marca os 8 anos da Lei Maria da Penha (Tribuna de Minas – 07/08/0214)

A Lei Maria da Penha, criada para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, completa hoje oito anos. Em Juiz de Fora, a data será lembrada em uma ação educativa, denominada “7 de agosto”, que começa às 16h, na Praça da Estação. A atividade é promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e pela Casa da Mulher Centro Referência Juiz de Fora, ambos vinculados à Secretaria de Governo, e terá apoio de outras entidades, como as polícias Militar e Civil, além da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Mulher. Uma equipe multidisciplinar fará a abordagem de homens e mulheres, entregando panfletos sobre a lei e os tipos de violência.

A coordenadora de políticas públicas para mulheres da Secretaria de Governo e da Casa da Mulher, Rose França, explica que o evento também celebra o período de dez meses sem o registro de morte de mulheres por violência doméstica. “Isto demonstra que os trabalhos de prevenção estão surtindo efeito na cidade. Em um ano e dois meses da criação da Casa da Mulher, cerca de 2.500 mulheres vítimas de qualquer tipo de violência passaram por lá em busca de atendimento e receberam total amparo psicológico e jurídico.” Segundo dados da Casa da Mulher, em oito anos, a lei já contabiliza mais de 40 milhões de denúncias, mas, ainda sim, uma mulher é agredida a cada quatro minutos no Brasil.

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher ainda reserva outras atividades na próxima semana, como reuniões envolvendo os conselheiros, nos dias 11, 14 e 15. No dia 21, acontece, na Câmara Municipal, uma audiência pública com o tema “Por uma educação não sexista – oito anos da Lei Maria da Penha”.

Acesse no site de origem: Ação marca os 8 anos da Lei Maria da Penha (Tribuna de Minas – 07/08/0214)