Ações para combater estupros são realizadas em Patos de Minas (G1/Triângulo Mineiro – 29/05/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Grupo com representantes de vários setores foi montado na cidade. Mulheres vítimas de abuso sexual passam a ter atendimento prioritário

Uma “força-tarefa” que foi montada para combater a onda de estupros que vem preocupando os moradores de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, começa a apresentar resultados. Várias ações estão sendo realizadas na cidade e, entre elas, a mudança no perfil de atendimento às vítimas de violência sexual, que agora passa a ser prioritário na rede de saúde.

De acordo com a vereadora Edimê Erlinda de Lima, as medidas são fruto da audiência pública para debate do assunto que ocorreu na Câmara. “Nós montamos um grupo de trabalho e temos colocado em prática essas atividades que visam o combate desse tipo de crime. A primeira medida que discutimos em reunião foi viabilizar um local digno para atendimento das vítimas, que já estão tão vulneráveis e ficavam ainda mais expostas e constrangidas nas unidades de saúde”, comentou.

As vítimas de estupro que passam por avaliação médica agora serão priorizadas nos atendimentos no Hospital Regional Antônio Dias e no Centro de Referência Viva Vida. A clínica dedica atenção integral à saúde sexual e reprodutiva da mulher e à saúde da criança de risco, promovendo atendimentos de promoção à saúde, prevenção e diagnóstico precoce.

A reportagem entrou em contato com a administração do hospital para conversar com algum representante sobre o assunto, mas em virtude do feriado da última semana não encontrou ninguém. A atendente informou não ser autorizada passar o contato pessoal de nenhum funcionário da instituição.

Segurança nas ruas

Em relação aos lotes com mato alto e iluminação precária em alguns bairros da cidade – problemas pontuados pela população -, a vereadora salientou que a Prefeitura já iniciou os trabalhos de melhorias e está notificando os proprietários de terrenos particulares para que se encarreguem da limpeza. O G1 também procurou a assessoria de comunicação para detalhar as responsabilidades do Município nessa questão, mas desde a última quarta-feira (25) não houve nenhum retorno.

Outra novidade é que nesta segunda-feira (30) haverá uma nova reunião com a comissão que foi montada e que é composta por profissionais de segurança pública, da saúde, assistência social, do Município e também do Legislativo. Na ocasião será discutida a criação de uma cartilha de conscientização que poderá ser utilizada nas escolas de Patos de Minas.

“Nessa cartilha irá conter informações para as vítimas de violência e também orientação para alunos e pais principalmente sobre a prevenção. Tem valido muito a pena e percebemos que, desde que iniciamos essa abordagem ampla, os crimes dessa natureza não têm ocorrido. Vale destacar o trabalho eficiente e de investigação da Polícia Civil também, que recentemente divulgou o retrato falado do possível estuprador em série”, finalizou a vereadora.

Caroline Aleixo
Do G1 Triângulo Mineiro

Acesse no site de origem: Ações para combater estupros são realizadas em Patos de Minas (G1/Triângulo Mineiro – 29/05/2016)