Acusado de matar ex-esposa no bairro Coophatrabalho vai a júri (TJMS – 20/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Na manhã desta quarta-feira (21), será realizado pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande o julgamento de J.A. da S., denunciado pelo crime de homicídio qualificado. Este é mais um caso de crime de violência doméstica, pois o acusado teria matado a tiros a ex-esposa. O réu foi denunciado no artigo 121, § 2º, incisos I e IV c/c art. 61 (homicídio cometido por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima com agravante de violência contra a mulher) do Código Penal.

Segundo a acusação, o denunciado e a vítima estavam separados há algum tempo, sendo que no dia do fato, o réu compareceu na residência da ex-esposa, no bairro Coophatrabalho, com a intenção de reatar o relacionamento, oportunidade que a convidou para passear e conversar um pouco. Após a conversa, vítima e acusado retornaram até a residência, onde a mulher junto com o filho adentraram ao portão, mas o acusado ali permaneceu.

Ainda conforme a denúncia, enquanto a vítima caminhava para o fundo da residência, o denunciado sacou o revólver, efetuou os disparos e logo em seguida fugiu.

O Ministério Público ressaltou que J.A. da S. agiu por motivo torpe, porque a ex-companheira não quis reatar o relacionamento, sendo que ele não aceitava a separação, bem como usou de recurso que dificultou a defesa dela, pois dissimulou o propósito de homicida, convidando-a para irem conversar e depois atingiu-a pelas costas quando esta adentrava na residência.

O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, pronunciou o réu conforme os termos da denúncia.

Processo nº 0022755-35.2005.8.12.0001

Acesse no site de origem: Acusado de matar ex-esposa no bairro Coophatrabalho vai a júri (TJMS – 20/09/2016)