Acusado de matar ex-mulher com 18 facadas será levado a júri popular (TJCE – 16/06/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O réu Francisco Dene Bezerra Silva, acusado de matar a ex-companheira a golpes de faca, será submetido a julgamento pelo Tribunal do Júri Popular. A sentença de pronúncia foi proferida pelo juiz Antônio Carlos Pinheiro Klein Filho, titular da 4ª Vara do Júri de Fortaleza. A decisão foi publicada no Diário da Justiça dessa quarta-feira (15/06).

Francisco Dene responde por homicídio duplamente qualificado: praticado por motivo torpe e contra a mulher por razões da condição de sexo feminino. O réu foi um dos primeiros homens do Ceará a ser denunciado com base na Lei do Feminicídio (nº 13.104), criada em 2015.

Conforme os autos, o acusado, que já tinha histórico de violência contra ex-companheiras, matou a vítima em abril de 2015, quando o filho do casal ainda tinha dois meses de vida. A mulher teria ido até a casa do pai de Dene para que o réu pudesse ficar com o filho. Chegando lá, ela teria recebido uma mensagem no celular que despertou o ciúme do acusado. Descontrolado, ele golpeou a vítima 18 vezes no abdômen com uma faca de serrinha.

Acesse no site de origem: Acusado de matar ex-mulher com 18 facadas será levado a júri popular (TJCE – 16/06/2016)