Acusado de tentar matar ex-mulher é condenado a 12 anos de prisão (TJAL – 06/08/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Daniel Bruno Rodrigues Lima não poderá apelar em liberdade; julgamento fez parte da 2ª Semana da Justiça pela Paz em Casa, que se encerra na sexta (7)

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Penedo condenou Daniel Bruno Rodrigues Lima a 12 anos, um mês e dez dias de reclusão pela tentativa de homicídio praticada contra sua ex-mulher, em novembro de 2012. O réu deverá cumprir a pena em regime fechado e não poderá apelar em liberdade.

“A reprovabilidade da conduta é intensa, tendo em vista que o réu premeditou a ação indo ao encontro da vítima já armado. As consequências da conduta vão além do tipo penal, já que a vítima ainda hoje tem sequelas em decorrência do disparo”, afirmou o juiz Ygor Vieira de Figueirêdo, que conduziu o julgamento nessa terça-feira (4).

Durante a sessão, o Ministério Público (MP/AL) requereu a condenação do réu pela prática de tentativa de homicídio qualificado (motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima). Já a defesa pleiteou a exclusão das qualificadoras e a desclassificação do crime para lesão corporal. Os jurados, no entanto, rejeitaram os pedidos da defesa e decidiram pela condenação.

Clique aqui para ouvir o áudio

O julgamento, realizado no Fórum da Comarca, fez parte da 2ª Semana da Justiça pela Paz em Casa, campanha criada com o objetivo de intensificar o combate à violência contra a mulher. A força-tarefa teve início na última segunda-feira (3) e segue até esta sexta (7), em todo o país.

O caso

O crime ocorreu no interior de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na cidade de Penedo. De acordo com o MP/AL, Maria Sandra Ferreira dos Santos estava acompanhando um parente quando foi abordada pelo ex-marido.

Daniel Rodrigues sacou uma arma e efetuou disparos contra a vítima, que mesmo atingida conseguiu fugir. Em depoimento, ele confessou o crime, mas disse que só tentou assustar a vítima após ter sido ofendido verbalmente por ela.

Matéria referente ao processo nº 0002137-54.2012.8.02.0049

Diego Silveira – Dicom TJ/AL

Acesse no site de origem: Acusado de tentar matar ex-mulher é condenado a 12 anos de prisão (TJAL – 06/08/2015)