Agência-barco Ilha do Marajó da Caixa é lançada na Estação (Gov/Pará – 17/01/2014)

A Caixa Econômica Federal inaugurou a segunda agência-barco do banco. A embarcação Ilha do Marajó vai atender à população ribeirinha que vive no arquipélago. O objetivo é ampliar as opções de prestação de serviços, promover o desenvolvimento socioeconômico e a inclusão bancária. A inauguração ocorreu na Estação das Docas, nesta quinta-feira, 16, em Belém.

Mais de 348 mil habitantes de dez municípios da Ilha do Marajó serão atendidos com os serviços da agência-barco. A embarcação vai passar por Soure, Salvaterra, Ponta de Pedras, Muaná, São Sebastião da Boa Vista, Curralinho, Bagre, Breves, Melgaço e Portal. Além dos serviços bancários, a agência-barco Ilha do Marajó vai contar com uma unidade do Tribunal de Justiça do Pará, para atuar no combate à violência de gênero – muito comum nos municípios ribeirinhos. Outro parceiro da Caixa é a Secretaria de Políticas para as Mulheres, um programa do Governo Federal.

A ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, comentou a importância da parceria. “Com a agência-barco conseguimos transformar o rio em rua. É a primeira vez no Brasil que uma política integrada chega à população ribeirinha. A inauguração é um momento muito importante para o governo federal, pois vai reforçar uma das máximas da gestão atual: o combate à violência contra a mulher”, ressaltou a ministra.

Também estiveram presentes no evento, o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho; o Procurador Geral do Pará, Caio Trindade, que representou o governador em exercício, Helenilson Pontes; e o vice-presidente da Caixa, Paulo Roberto dos Santos.

Para o prefeito Zenaldo Coutinho, foi uma honra sediar o evento. “Belém sente-se honrada em receber a inauguração do barco-agência. Quando fui deputado, conheci de perto a realidade das pessoas que moram no Marajó. Sabemos da importância que os serviços oferecidos na embarcação terão para aquelas pessoas. Não é só um barco da Caixa; é um barco do Tribunal de Justiça e da saúde também”, comentou.

A embarcação Ilha do Marajó vai realizar uma viagem por mês, partindo sempre de Belém. A permanência em cada cidade visitada deve ser de, em média, dois dias. Para o superintendente regional da Caixa, Evandro Narciso de Lima, a agência-barco leva cidadania à população. “O lançamento dessa embarcação é uma solução pioneira para levar o atendimento bancário e dignidade às pessoas que mais precisam. É um momento único para o Estado e para a Caixa Econômica Federal”, enfatizou.

A primeira agência-barco da Caixa Econômica Federal foi inaugurada em dezembro de 2010 e atende à população no Rio Solimões, no trecho Manaus-Coari no Estado do Amazonas.

 Texto:  Carolina Klautau

Acesse no site de origem: Agência-barco Ilha do Marajó da Caixa é lançada na Estação (Gov/Pará – 17/01/2014)