Alepi discute feminicídio no Piauí: 88 mulheres foram mortas este ano (Cidade Verde – 18/08/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Desde o dia 9 de março deste ano, 88 assassinatos de mulheres aconteceram no PI, depois que a Lei contra o feminicídio foi sancionada no Estado. De janeiro a junho, foram 36 homicídios e de março até agora foram 25. Destes, 10 ocorreram em Teresina, sendo nove por feminicídio. Os dados são da Secretaria de Segurança do Piauí.

Pela preocupação com as mortes por feminicídio, a deputada Flora Izabel (PT) requereu uma audiência que acontece nesta terça-feira (18) na Assembleia Legislativa do Piauí. De acordo Flora, no Brasil, entre 2001 e 2011, estima-se que ocorreram mais de 50 mil feminicídios, o que equivale a cinco mil mortes por ano.

“Cerca de 80% dos homicídios são cometidos por homens que têm relação interpessoal com essas mulheres, daí a importância de trazer o debate”, disse a deputada. A deputada requereu o debate para discutir formas de diminuir os índices no Piauí.

“Aproximadamente 40% de todos os homicídios de mulheres no mundo são cometidos por um parceiro íntimo. Em contraste, essa proporção é próxima a 6% entre homens assassinados. Ou seja, a proporção de mulheres assassinadas por parceiros é 6,6 vezes maior do que a proporção de homens assassinados por parceiras”, explica a parlamentar.

A secretária Nacional de Enfrentamento a Violência contra a Mulher, Aparecida Gonçalves, disse que o Piauí não é o Estado mais violento, mas como está no Nordeste e o machismo é maior é necessário que haja muitas políticas em prol dessas mulheres.

Lyza Freitas

Acesse no site de origem: Alepi discute feminicídio no Piauí: 88 mulheres foram mortas este ano (Cidade Verde – 18/08/2015)