Alunas participam de curso para combater e coibir violência de gênero (Gov. Paraná – 21/10/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Estudantes do ensino médio do Colégio Estadual Costa Viana, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), iniciaram nesta quarta-feira (21) as primeiras ações do curso Jovens Multiplicadoras de Cidadania (JMC). O trabalho faz parte da campanha para a conscientização e combate à violência de gênero, promovida pela Secretaria de Estado da Educação e pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Paraná (OAB-PR).

Esse é o primeiro colégio a desenvolver a atividade, que será trabalhada gradativamente em todas as escolas da rede estadual de ensino. “Estamos trabalhando para levar esse projeto a todas as instituições de ensino, pois ele se soma às atividades de cidadania que já são desenvolvidas em nossas escolas”, disse a superintendente da Educação, Fabiana Campos.

O curso tem duração de 60 horas e acontecerá até dezembro. São dois encontros por semana, sempre no contraturno escolar, período em que o aluno não está em sala de aula. O objetivo é orientar as estudantes para que se tornem disseminadoras de informações. “Os jovens precisam conhecer seus direitos e deveres e é isso que o projeto vai proporcionar”, destacou a superintendente.

Durante todo o dia, 33 adolescentes com idade entre 14 e 15 anos, do 1° ano do ensino médio, debateram temas introdutórios ao assunto e o funcionamento do curso. “O projeto foi pensando exclusivamente para meninas com idade entre 14 e 18 anos para ampliarmos o debate e a conscientização do enfrentamento à violência contra a mulher”, explicou a coordenadora do curso, Sandra Lia Bazzo Barwinski.

De acordo com Sandra, a violência de gênero atinge também homens, mas principalmente mulheres e membros da comunidade Lésbica, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBTs).

“Ela pode acontecer em qualquer lugar através da violência física, sexual e psicológica, entre outras. Considerando que a mulher é o alvo mais atingido, trabalhamos na formação de mulheres conscientes de seus direitos para que possam reivindicá-los”, disse a coordenadora.

Acesse no site de origem: Alunas participam de curso para combater e coibir violência de gênero (Gov. Paraná – 21/10/2015)