Violência contra as Mulheres no Anuário das Mulheres Brasileiras (DIEESE/SPM-PR, 2011)

O DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), em parceria com a Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), divulgou o primeiro Anuário das Mulheres Brasileiras, que trata de questões relacionadas às condições das mulheres na família, no mundo do trabalho, no poder, na educação, na saúde e em outros espaços importantes da cidadania.

O estudo realizou um levantamento amplo das principais estatísticas e informações disponíveis sobre as mulheres. Organizada por temas: Demografia e Família, Trabalho e Autonomia da Mulher, Trabalho Doméstico, Infraestrutura e Equipamento Social, Educação, Saúde, Espaço de Poder e Violência, a edição do Anuário traz indicadores importantes para subsidiar a aplicação e orientação de políticas e pesquisas.

O capítulo sobre violência contra as mulheres teve como base os dados da PNAD/IBGE (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Veja os principais destaques da seção Violência nas tabelas a seguir:

Distribuição das pessoas que foram vítimas de agressão física, por sexo, segundo local da agressão Brasil e Grandes Regiões 2009 (em %) (DIEESE/SPM-PR, 2011)

(DIEESE/SPM-PR, 2011)

 

Distribuição das pessoas que foram vítimas de agressão física, por sexo, segundo local da agressão Brasil e Grandes Regiões 2009 (em %) (DIEESE/SPM-PR, 2011)

(DIEESE/SPM-PR, 2011)

 

Distribuição das pessoas que foram vítimas de agressão física, por sexo, segundo relação com o agressor Brasil e Grandes Regiões 2009 (em %) (DIEESE/SPM-PR, 2011)

(DIEESE/SPM-PR, 2011)

Acesse a publicação na íntegra em pdf (5,61 MB): Anuário das Mulheres Brasileiras (DIEESE/SPM-PR, 2011)

Saiba mais:
Alguns números sobre a violência contra as mulheres no Brasil
Mais de 70% dos casos de estupro ocorreram em casa, mostra o Dossiê Mulher 2012 (ISP/RJ, 2012)
Análise das Ocorrências Registradas pelas Polícias Civis (SINESPJC, jan/2004 a dez/2005)