Aplicativo “Mete a Colher” visa combater a violência contra a mulher (Blog Redes Sociais e Inovação Digital/A Tribuna – 19/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Em 2016 muitos valores tradicionais são discutidos diariamente nas redes sociais. A ideia de que “em briga de marido e mulher ninguém mete a colher”, precisa ser repensada. Uma briga de casal pode ter como consequência uma agressão. É necessario, à sociedade, ficar alerta e discutir sobre o tema.

A cada 1:30h uma mulher é morta no Brasil.
Aproximadamente 40% de todos os homicídios de mulheres no mundo são cometidos por um parceiro íntimo.

Os dados são de pesquisas do IPEA (http://www.ipea.gov.br/portal/) e trazem à tona a urgência e importância do tema para discussão na sociedade. Todo dia é dia de falarmos sobre isso, porque cada hora que passa faz diferença nos números dessa violência.

Para ajudar nesse processo, uma Startup criada em Recife, iniciou um projeto de financiamento coletivo para a criação de um aplicativo celular que pretende ajudar as mulheres em relação a esse problema.

Emily Blyza, idealizadora do projeto, com a ajuda de 5 amigas criou o “Mete a Colher”, uma rede que se organiza para combater a violência contra as mulheres, através de uma página no Facebook. Com mais de 30 mil seguidores, voluntárias se reúnem para ajudar as mulheres que passam por situação de violência e risco.

A ajuda pode ser oferecida em 4 categorias diferentes:

Ajuda emocional;
Ajuda jurídica;
Abrigo temporário;
Oportunidade de trabalho;

A ideia do financiamento coletivo é conseguir apoio das pessoas para construir um aplicativo de celular para potencializar o alcance do projeto e ampliar o número de pessoas ajudadas. A meta é levantar 60 mil reais até o dia 29 de setembro para viabilizar o projeto.

O cadastro na rede é limitado apenas à participação de mulheres, o login deve ser feito com os dados do Facebook para validação do perfil da pessoa.

Com uma pesquisa profunda as fundadoras descobriram que mesmo a mulher que tem consciência de estar em um relacionamento abusivo, tem dificuldade para sair da situação por conta do medo. Muitas delas não têm conhecimento sobre seus direitos, são discriminadas pela sociedade e, muitas vezes, pela própria entidade responsável por sua segurança. É um projeto importante que merece nossa colaboração e divulgação.

Segue o link para fazer doação. https://benfeitoria.com/METEACOLHER

Rafael Gonzalez

Acesse no site de origem: Aplicativo “Mete a Colher” visa combater a violência contra a mulher (Blog Redes Sociais e Inovação Digital/A Tribuna – 19/09/2016)