Após estupro cometido por taxista, governo anuncia auditoria nas permissões de táxis (R7 – 05/05/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O homem conseguiu renovar a licença sem apresentar documentos de antecedentes criminais

A Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal anunciou nesta terça-feira (5) que vai realizar uma auditoria para verificar os procedimentos para obtenção e manutenção de licenças para condução de táxis do Distrito Federal. A medida acontece três dias depois que a Polícia Civil prendeu e autuou um taxista por estupro.

Cléber Caitano dos Santos, de 32 anos, confessou ter estuprado uma cliente após oferecer corrida por preço mais barato. Segundo a Polícia Civil, o homem atendia pedidos de viagens por meio de aplicativos de celular. Com passagens pela polícia por roubo e tentativa de homicídio, sem setembro do ano passado ele conseguiu na Justiça o direito de renovar a licença para operar o transporte privado sem apresentar a Certidão de Antecedentes Criminais.

Para evitar casos como este, os auditores da Secretaria de Mobilidade vão reavaliar as permissões de 3,4 mil taxistas e 2,4 mil motoristas auxiliares cadastrados. Segundo a pasta, a lei obriga a apresentação de certidão negativa anualmente para a concessão da permissão. No caso de Cléber Caitano, a licença não poderia ter sido expedida. Os auditores terão trinta dias para apresentar o resultado do trabalho.

O crime

De acordo com a polícia, o homem estuprou a mulher, de 31 anos, depois de oferecer transporte particular em uma parada de ônibus próxima ao aeroporto JK por um preço abaixo do cobrado por taxistas. Poucos metros depois do local que ela embarcou, no Balão do Aeroporto, o homem travou as portas do carro, entrou em um matagal, vendou os olhos da vítima com uma camisa e iniciou os abusos.

O homem deu continuidade ao estupro em um estacionamento próximo e, em seguida, levou a mulher, de 31 anos, para um motel em Valparaíso de Goiás (GO), no entorno do Distrito Federal, e abandonou a vítima no local.

Acesse no site de origem: Após estupro cometido por taxista, governo anuncia auditoria nas permissões de táxis (R7 – 05/05/2015)