Assassino de estudante da Univasf é condenado a 21 anos de prisão (G1/Petrolina – 24/11/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Crime ocorreu no dia 30 de abril, no Campus da Univasf em Petrolina. Julgamento aconteceu nesta terça-feira (24).

José Luiz da Silva Irmão, de 43 anos, que matou a estudante de enfermagem Rosilene Rio, de 32 anos, no Campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, foi condenado a mais de 21 anos de prisão em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado. O julgamento foi realizado nesta terça-feira (24), no Fórum Manoel Souza Filho, pelo juiz Sydnei Alves Daniel.

José Luiz da Silva Irmão que matou Rosilene Rio na Univasf (Foto: Amanda Franco/ G1)

José Luiz da Silva Irmão que matou Rosilene Rio na Univasf (Foto: Amanda Franco/ G1)

O júri foi composto por sete pessoas, sendo cinco homens e duas mulheres. O advogado do réu, Vinícius Novaes, chegou a pedir a suspensão da sessão, alegando que não teve tempo suficiente para analisar o processo e pediu o prazo de cinco dias. Mas, o pedido foi negado tanto pelo juiz, quanto pelo Ministério Público, com a justificativa de que que a defesa teve tempo hábil para conhecer os autos do processo.

José Luiz foi condenado com a maioria dos votos, mas a decisão ainda cabe recurso. “Ele foi condenado a 21 anos e seis meses por homicídio triplamente qualificado, inicialmente em regime fechado, por motivo fútil, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio. Ainda cabe recurso e ele tem três dias para apresentar. Mas, até o momento o advogado de defesa não deu indicativo de que iria recorrer”, disse o juiz. A pena será cumprida na Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina.

O crime ocorreu no dia 30 de abril deste ano, quando o acusado esfaqueou a estudante do Programa de Residência em Enfermagem, Urgência e Emergência, no restaurante da Univasf, localizado no Campus sede, em Petrolina. Rosilene foi atingida por cerca de 40 golpes de faca no pescoço e no peito. A estudante chegou a ser socorrida para o Hospital Universitário (HU), mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a polícia, José Luiz era ex-companheiro de Rosilene. Assim que cometeu o crime, o homem foi detido pela vigilância do Campus e por pessoas que estavam no local. Ele foi preso em flagrante por policiais da Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área da Caatinga (Ciosac), encaminhado para a Delegacia de Homicídios e em seguida conduzido para a penitenciária.

Na época, amigos da vítima contaram que ela tinha terminado o relacionamento e teria mudado de cidade para fugir do ex-companheiro. Ela era natural de Maceió, Alagoas. Já o acusado morava em São Paulo e veio a Petrolina para cometer o crime.

Taisa Alencar

Acesse no site de origem: Assassino de estudante da Univasf é condenado a 21 anos de prisão (G1/Petrolina – 24/11/2015)