Atendimento às vítimas de abuso sexual em Uberlândia é discutido em reunião no MPMG (G1 Triângulo Mineiro – 23/11/2018)

De acordo com promotor Ricardo Bassetto, medidas para angariar fundos, a fim de melhorar a forma com que essas vítimas são tratadas, estão sendo tomadas.

Uma reunião foi realizada no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) nesta sexta-feira (23) em Uberlândia para angariar fundos a fim de melhorar o atendimento às vítimas de abuso sexual na cidade.

De acordo com o promotor Ricardo Bassetto, participaram do encontro entidades e associações envolvidas nos atendimentos a esse tipo de vítima, como Corpo de Bombeiros, polícias, além de representantes da rede municipal de saúde.

“No Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia [HC-UFU], temos um centro de referência para atender essas pessoas. No entanto, essa questão precisa ser aprimorada, principalmente na questão em que diz respeito a ouvir essas pessoas. Muitas vezes elas precisam contar o que sofreram várias vezes e a intenção é aperfeiçoar e não fazer com que a vítima sofra ainda mais”, disse Ricardo.

Ainda conforme o promotor, o centro de referência do HC-UFU precisa de mais equipamentos, uma sala com atendimento mais acolhedor com área e materiais para coleta de provas.

Foi definido no encontro que a verba para adequar a questão será feita através de um termo de ajustamento de conduta e com verba de um Fundo da Criança e Adolescência.

“Estamos fazendo vários encontros e na próxima terça [27] temos outro. Agora é preciso resolver essa questão burocrática para tentar fundos e começar os trabalhos. O Ministério Público está atuando firme para que essas vítimas, que muitas vezes são agredidas no meio familiar, possam estar mais confortáveis em procurar políticas públicas para resolver a questão”, finalizou.

Dados

Segundo dados do Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), fornecidos pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), de janeiro a outubro de 2017 foram registrados 50 casos de estupro consumado em Uberlândia. No mesmo período deste ano foram 53 casos.

Casos de violência sexual

Nos últimos anos o G1 noticiou alguns casos de violência sexual em Uberlândia. Relembre as últimas:

Acesse no site de origem: Atendimento às vítimas de abuso sexual em Uberlândia é discutido em reunião no MPMG (G1 Triângulo Mineiro – 23/11/2018)