Audiência pública debaterá a primeira Casa da Mulher Brasileira em Mato Grosso (ALMT – 13/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O evento contará com a presença da secretária especial de Políticas para Mulheres, Fátima Pelaes

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) promove nesta quinta-feira (15), a partir das 8h, audiência pública para debater a implantação da primeira Casa da Mulher Brasileira, em Mato Grosso. O espaço é uma iniciativa do governo federal e tem o intuito de promover o atendimento humanizado às mulheres. A unidade integra o programa Mulher, Viver sem Violência. A secretária especial de Política para Mulheres, Fátima Pelaes, confirmou a presença no evento.

A audiência foi requerida pela deputada estadual Janaina Riva (PMDB) para discutir a importância da Casa e detalhes sobre a implantação no Estado. Além de Pelaes, também participarão do evento os técnicos da secretaria para esclarecer detalhes do projeto em Mato Grosso. Prefeitas, vereadoras e secretárias de Estado também foram convidadas para participar.

A Casa da Mulher Brasileira oferece serviços especializados para os mais diversos tipos de violência contra as mulheres: acolhimento e triagem; apoio psicossocial; delegacia; juizado; Ministério Público, Defensoria Pública; promoção de autonomia econômica; cuidado das crianças – brinquedoteca; alojamento de passagem e central de transportes.

Os recursos para a implantação da Casa da Mulher Brasileira será disponibilizado por meio de emenda parlamentar do deputado federal Carlos Bezerra (PMDB) e conta com o apoio da deputada estadual Janaina Riva para a concretização do projeto.

O que: Audiência pública sobre a implantação da 1ª Casa da Mulher Brasileira, em Mato Grosso

Quando: Quinta-feira (15), às 8h

Onde: Auditório Milton Figueiredo, Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Por Laís Costa Marques/Secretaria de Comunicação

Acesse no site de origem: Audiência pública debaterá a primeira Casa da Mulher Brasileira em Mato Grosso (ALMT – 13/09/2016)