Audiências de instrução e julgamento marcam início da IV Semana pela Paz no Lar em Cruzeiro do Sul (TJAC – 08/03/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Exposição de quadros que retratam a temática da proteção à mulher é um dos destaques das ações desenvolvidas na Comarca.

Durante toda esta semana, a Comarca de Cruzeiro do Sul promove diversas ações alusivas ao Dia Internacional da Mulher e à Campanha Justiça pela Paz em Casa, fazendo valer a importância da magistratura para a preservação da paz social, com enfoque, principalmente, nas medidas terapêuticas adotadas pelos juízes para evitar, impedir ou minimizar o impacto negativo, no âmbito familiar, do abuso de substâncias.

exposicao-pela-paz-czs-tjac-mar16-2Somente nesta segunda-feira (7), no primeiro dia de atividades, foram realizadas 42 audiências preliminares e três audiências de instrução e julgamento nas Varas Criminais da Comarca de Cruzeiro do Sul, visando dar mais celeridade aos processos que envolvam a violência doméstica, demonstrando, assim, uma resposta efetiva do Poder Judiciário para tais situações.

O juiz de Direito, Hugo Torquato, titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Cruzeiro do Sul, ressalta a importância de buscar promover a pacificação no seio familiar, conscientizando homens e mulheres da situação. “A rotina forense comprova que grande parte dos conflitos familiares levados ao Poder Judiciário tem origem no consumo abusivo de bebidas alcoólicas ou de drogas recreativas. Muitas filhas, irmãs e esposas são vítimas, diariamente, dos excessos cometidos pelos homens que amam, e têm no Judiciário sua derradeira guarida, não na expectativa de que o agressor seja punido, mas, principalmente, na esperança de se sentirem novamente em paz”, enfatizou o magistrado.

Em Cruzeiro do Sul, as atividades envolvendo a “Campanha Justiça pela Paz em Casa”, idealizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), têm parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Dependentes Químicos de Cruzeiro do Sul (Apadeq), com uma exposição de quadros de autoria de seus internos, retratando a temática da proteção à mulher, com o objetivo de ressaltar o imenso sucesso que temos obtido a partir do trabalho das casas terapêuticas atuantes na comarca uma exposição com quadros que abordam a temática da proteção à mulher, da Casa de Recuperação Caminho de Luz, da Fazenda Esperança, da Clínica Reviver e da Desafio Jovem Peniel.

A iniciativa integra todas as unidades judiciárias da Comarca de Cruzeiros do Sul, em um esforço conjunto para julgamento de casos de violência doméstica. Um esforço dos magistrados e servidores atuantes na Comarca de Cruzeiro do Sul que procuram conscientizar os cidadãos a fim de promover a paz doméstica.

A ação ao buscar conscientizar que a violência contra a mulher, em todas as suas formas, constitui violação dos direitos humanos e liberdades fundamentais e limita a observância o gozo e o exercício dos direitos fundamentais de todo cidadão, deixa claro que a luta pela erradicação da violência contra a mulher e familiar é uma das prioridades do Poder Judiciário do Acre, que almeja e se empenha na construção de uma sociedade mais justa.

Acesse no site de origem: Audiências de instrução e julgamento marcam início da IV Semana pela Paz no Lar em Cruzeiro do Sul (TJAC – 08/03/2016)