Blog com guia sobre como estuprar mulher na USP é alvo de investigação (G1 – 14/08/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Ministro da Educação postou nota de repúdio ao crime. Diretor da FFLCH registrou ocorrência contra blogueiro.

Um texto em um blog que incentiva a prática do crime de estupro contra alunas da Universidade de São Paulo (USP) foi alvo de pedido de investigação por parte da direção da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). No texto, o autor faz um “manual” com indicação de táticas, locais e faz ofensas contra as estudantes.

O blog já é investigado pelo Ministério Público Estadual (MPE) e pela Polícia Federal (PF) por diversos conteúdos de caráter criminoso anteriormente publicados.

O texto que incentiva o estupro é apenas um dos mais de 20 artigos já publicados pelo autor.  Nesta sexta-feira (14), o site com domínio .com continuava acessível e com os posts ofensivos publicados.

Até a tarde desta sexta-feira, o autor do blog não havia sido identificado. Postagens com críticas à Ordem dos Advogados do Brasil e até músicas de apologia o crime eram acessíveis.

Segundo o professor Doutor Sérgio Adorno, diretor da FFLCH, a denúncia mais recente contra o autor do blog foi feita por ele à Polícia Civil de São Paulo no começo da semana.

“(Após saber da públicação) entrei em contato com a Superintendência de Segurança e me dirigi ao 93º D.P. para registro da ocorrência. No retorno, comuniquei o fato, por ofício, ao Sr. Reitor com cópia para a Superintendência de Segurança. Estou ciente de que já foram e persistem sendo tomadas providências pela Administração Superior da Universidade para apuração rigorosa e responsabilização de seu ou seus responsáveis”, escreveu o professor em nota.

Em seu perfil no Facebook, o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, prestou solidariedade às alunas ofendidas. “Meu apoio às alunas da minha faculdade na USP, sordidamente atacadas por um site indecente, e ao diretor Sergio Adorno, pelas medidas tomadas contra os difamadores delas!”.

Investigações contra o blog

O conteúdo ofensivo do blog já era alvo de investigação do Ministério Público Estadual (MPE). Em textos anteriores, o autor afirma que “já testou extensivamente” as técnicas de estupro no Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Araraquara (veja vídeo sobre o caso abaixo).

A PF em Mato Grosso também investiga o blog, que publicou incitação à prática do crime de pedofilia. Por meio de nota, a instituição informou que o caso foi repassado ao Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos.

O conteúdo do site chegou a ser atribuído a um morador de Várzea Grande, cidade da região metropolitana de Cuiabá. No entanto, ele registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil negando que seja o autor das postagens.

Nota da Secretaria Municipal

Após o texto que citava alunas da USP, a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres divulgou nota para repudiar o conteúdo misógino, preconceituoso e criminoso do blog.

“Segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, de 2013, a cada dez minutos uma mulher é vítima de estupro no Brasil. Essa realidade não é engraçada, ela é trágica.”

Clique na imagem e assista ao vídeo da matéria:

estupro_1-blog

 

Acesse no site de origem: Blog com guia sobre como estuprar mulher na USP é alvo de investigação (G1 – 14/08/2015)