BM amplia em mais de 80% as patrulhas Maria da Penha no RS

Atendimento passou de 46 cidades, em 2019, para 84 a partir deste mês de abril

A Brigada Militar (BM) informou, nesta segunda-feira (6), que a Patrulha Maria da Penha, que combate a violência doméstica no Rio Grande do Sul, aumentou em 82%. Segundo o comando da corporação, são mais 38 municípios atendidos a partir deste mês, passando de 46, em 2019, para 84.

O trabalho dos policiais militares faz parte de uma rede de proteção que envolve várias instituições, sendo a Brigada Militar o ponto de partida com ações nas ruas. O objetivo inicial do programa, que já tem sete anos, é orientar e prevenir casos de violência doméstica, buscando principalmente a redução de casos de feminicídio. Para isso, somente neste ano já foram realizadas 45 palestras.

Todos os PMs podem atuar nas patrulhas Maria da Penha e a meta para 2020 é aumentar o número de policiais em cursos de prevenção à violência doméstica. A major Karine Brum, coordenadora estadual das patrulhas, diz que as palestras são importantes ferramentas para encorajar mais mulheres a buscar ajuda e, assim, romper o ciclo da violência.

 Patrulhas em 2019

 Em todo o ano de 2019, a BM cadastrou 19,9 mil mulheres vítimas e realizou 30,4 mil visitas. O número de prisões foi de 308, o que, segundo o comando, resultou em 308 possíveis feminicídios evitados. Em 2018, foram 242 prisões de agressores. Em relação a feminicídios,  o Rio Grande do Sul teve 110 casos.

No ano passado, a major Karine disse que os municípios que passaram a ter a Patrulha Maria da Penham constavam no RS Seguro Seguro da Secretaria da Segurança Pública. Neste ano, são todas as cidades que têm batalhões da BM e que atendem municípios menores.

— Por isso que o número aumentou bastante, já que, por exemplo, o batalhão de Estrela atende a cidade e  mais quatro. Só faltaram Jaguarão e Sapiranga, mas estamos providenciando em breve — explica a major Karine.

Em 2020, também já há um estudo de capacitação para que todas as cidades gaúchas possam ser atendidas pelas patrulhas, mas ainda sem data para execução.

Para denunciar casos de violência contra a mulher use o Disque 100 ou contate o Disque-Denúncia pelo telefone 181. Além disso, há os Centros de Referência da Mulher, delegacias especializadas e a Defensoria Pública.

Cidades

1 . Porto Alegre (2012)

2. Canoas (2012)

3. Caxias do Sul (2013)

4. Esteio (2013)

5. Passo Fundo (2013)

6. Santa Cruz do Sul (2013)

7. Cruz Alta (2013)

8. Gravataí (2014)

9. Viamão (2014)

10. Alvorada (2014)

11. Santana do Livramento (2014)

12. Uruguaiana (2014)

13. Vacaria (2014)

14. Pelotas (2014)

15. Rio Grande (2014)

16. Cachoeirinha (2014)

17. Novo Hamburgo (2014)

18. São Leopoldo (2014)

19. Portão (2019)

20. Capela de Santana (2019)

21. Lajeado (2014)

22. Santo Ângelo (2015)

23. Ijuí (2015)

24. Santa Rosa (2015)

25. Bagé (2015)

26. Erechim (2015)

27. Bento Gonçalves (2015)

28. Santa Maria (2015)

29. Farroupilha (2018)

30. Charqueadas (2018)

31. São Jerônimo (2018)

32. Osório (2018)

33. Venâncio Aires (2018)

34. Sapucaia do Sul (2019)

35. Capão da Canoa (2019)

36. Xangri-lá (2019)

37. Tramandaí (2019)

38. Imbé (2019)

39. Montenegro (2019)

40. Brochier (2019)

41. Maratá (2019)

42. Salvador do Sul (2019)

43. São José do Sul (2019)

44. São Pedro da Serra (2019)

45. Pareci Novo (2019)

46. Guaíba (2019)

47. São Sebastião do Caí (2020)

48. São José do Hortêncio (2020)

49. Harmonia (2020)

50. Tupandi (2020)

51. Bom Princípio (2020)

52. Feliz (2020)

53. Alto Feliz (2020)

54. Linha Nova (2020)

55. São Vendelino (2020)

56. Vale Real (2020)

57. Itaqui (2020)

58. Maçambará (2020)

59. Gramado (2020)

60. Canela (2020)

61. Santiago (2020)

62. Estrela (2020)

63. Colinas (2020)

64. Imigrante (2020)

65. Bom Retiro do Sul (2020)

66. Fazenda Vilanova (2020)

67. Carazinho (2020)

68. São Luiz Gonzaga (2020)

69. Palmeira das Missões (2020)

70. Novo Barreiro (2020)

71. São Pedro das Missões (2020)

72. São José das Missões (2020)

73. Boa Vista das Missões (2020)

74. Sagrada Família (2020)

75. Lajeado do Bugre (2020)

76. Três Passos (2020)

77. Bom Progresso (2020)

78. Esperança do Sul (2020)

79. Tiradentes do Sul (2020)

80. Frederico Westphalen (2020)

81. Rio Pardo (2020)

82. Pantano Grande (2020)

83. Cachoeira do Sul (2020)

84. Camaquã (2020)

Acesse no site de origem: BM amplia em mais de 80% as patrulhas Maria da Penha no RS (Gaúcha ZH, 06/04/2020)