Caminhada encerra campanha pelo fim da violência contra as mulheres (Gov/AC – 11/12/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Alunos da Escola Estadual Serafim da Silva Salgado e representantes dos governos estadual e municipal que trabalham com as políticas públicas voltadas para as mulheres saíram na tarde de quinta-feira, 10, pelas ruas do bairro Sobral, em Rio Branco, pedindo o fim da violência contra as mulheres.

A ação faz parte da programação de encerramento da Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, iniciada no último dia 25 de novembro e encerrada na data que se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

A campanha pelo fim da violência contra as mulheres é realizada em mais de 100 países (Foto: Diego Gurgel/Secom)

Campanha pelo fim da violência contra as mulheres é realizada em mais de 100 países (Foto: Diego Gurgel/Secom)

A campanha, realizada em mais de 130 países, tem como foco promover debates, denunciar e erradicar as várias formas de violência contra as mulheres, além de informar e orientar sobre os direitos humanos.

“Entendemos que não há direitos humanos sem a garantia dos direitos das mulheres. Sabemos que o silêncio e o medo são os maiores cúmplices da violência, e ao caminharmos estamos clamando por uma sociedade de paz, de justiça e de igualdade de direitos entre homens e mulheres”, destacou Concita Maia, secretária de Estado de Políticas para as Mulheres.

Criada nos Estados Unidos, em 1991, por 23 feministas de diferentes países, a campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é uma mobilização educativa e de massa pela luta contra toda forma de preconceito, opressão e discriminação sofrida pela mulher, e pela garantia dos seus direitos.

“Diariamente, convivemos com mulheres que são vítimas de violência. Elas temem denunciar seus maridos. Hoje, nosso objetivo é chamar a atenção da sociedade para um problema comum e que muitas vezes fazemos de conta que não existe porque não atinge diretamente ninguém da nossa família”, relatou a estudante Letícia Campos.

Parceria pelo fim da violência

Cristiane Pinheiro, coordenadora do Núcleo de Prevenção de Violência da Secretaria de Saúde de Rio Branco, disse que a parceria entre os governos estadual e municipal é essencial para chamar a atenção para o problema da violência que atinge grande parte das mulheres acreanas.

“A campanha é um momento de mostrarmos a essas mulheres que existe uma rede de proteção criada para ajudá-las, com o objetivo de acabar com seu sofrimento. Toda mulher tem o direito a uma vida livre de violência”, destacou Cristiane.

Por Concita Cardoso

Acesse no site de origem: Caminhada encerra campanha pelo fim da violência contra as mulheres (Gov/AC – 11/12/2015)