Caminhoneiras, caminhoneiros e ONU pelo fim da violência contra mulheres (Fetropar – 29/05/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Caravana Siga Bem está em sua nona edição em 2015. Seus objetivos são promover cidadania e conscientização, e disseminar conhecimentos e entretenimento entre caminhoneiras e caminhoneiros de todo o Brasil. Nesta edição, os temas sociais escolhidos foram a valorização das mulheres e o enfrentamento da violência praticada contra o gênero feminino.

Agora, a Caravana recebe também o reforço da iniciativa chamada “O Valente não é Violento” – da Organização das Nações Unidas (ONU), em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) – que preza pelo fim da violência contra mulheres e meninas nas estradas do país. A ação mobilizará diretamente 70 profissionais.

A violência de gênero é um dos problemas mais alarmantes da atualidade. A Caravana Siga Bem, que já alcançou 1,7 milhões de motoristas desde sua primeira edição, é um meio que pode ser bastante eficiente para expandir essa discussão. Entre as atividades previstas, estão a discussão das masculinidades e o enfrentamento desta forma de violência.

A reflexão vem sendo feita por meio da peça O Cassino do Cupido. Além disso, o esforço inovador da Caravana na divulgação da Lei Maria da Penha (lei 11.340/2006) e do recurso Ligue 180 já foi reconhecido como importantíssimo.

Para o presidente da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Paraná (Fetropar), João Batista da Silva, o trabalho da Caravana é fundamental. “A violência contra as mulheres é uma prática enraizada e muito nociva de nossa sociedade e deve ser combatida. É bastante positivo que a categoria dos trabalhadores em transportes rodoviários possa contribuir para essa luta”, afirma.

Acesse no site de origem: Caminhoneiras, caminhoneiros e ONU pelo fim da violência contra mulheres (Fetropar – 29/05/2015)