Campanha em Mato Grosso quer mobilizar homens pelo fim da violência contra as mulheres (Cenário/MT – 25/10/2012)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O lançamento da campanha Laço Branco em Mato Grosso foi oficializada na noite desta terça-feira (23) na Assembleia Legislativa do Estado, sob coordenação da defensora pública Rosana Santos Leite, que também é presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDM-MT).

A campanha terá seu ápice no dia 6 de dezembro, que através da Lei 11.489/07 foi instituído como o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

O objetivo é sensibilizar, envolver e mobilizar os homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher. Suas atividades são desenvolvidas em consonância com as ações dos movimentos organizados de mulheres e de outras representações sociais que buscam promover a equidade de gênero, através de ações em saúde, educação, trabalho, ação social, justiça, segurança pública e direitos humanos.

O segundo subdefensor público-geral Marcos Rondon esteve no evento representando a Defensoria Pública de Mato Grosso, além do corregedor-geral da instituição Márcio Frederico Dorilêo. Já o defensor público Munir Arfox compareceu ao lançamento como presidente da Associação Matogrossense dos Defensores Públicos – Amdep.

“A intenção da campanha é que os homens, a exemplo do que as mulheres já fazem, também demonstrem que esta violência é um crime inaceitável, que precisa ser fortemente combatido”, destaca a defensora pública Rosana Leite.

Representantes do Ministério Público, Tribunal de Justiça, Sala da Mulher da Assembleia Legislativa, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria Municipal de Assistência Social, Associação Matogrossense dos Defensores Públicos, Sindicato da Polícia Civil e outras entidades participaram do lançamento e se propuseram, cada um dentro de suas possibilidades, se engajar na ação para fortalecer o combate à violência doméstica.

“Nenhum de nós vai conseguir um intento sem nos aliançarmos”, destacou a juíza de direito da primeira vara de violência doméstica de Cuiabá, Dra. Ana Cristina da Silva Mendes.

A multiplicidade de ideias apresentadas pelos participantes já demonstra a vontade em desenvolver e participar de ações de conscientização para que sejam reduzidos os índices de casos de violência doméstica contra a mulher.

Palestras sobre o tema, panfletagem e distribuição de laços brancos, símbolo da campanha, já fazem parte do início das ações a serem realizadas até dezembro.

Acesse no site de origem: Campanha em Mato Grosso quer mobilizar homens pelo fim da violência contra as mulheres (Cenário/MT – 25/10/2012)