Campanha pela paz em casa tem programação definida (TJMT – 05/08/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A programação de Cuiabá para a quinta edição da campanha Justiça pela Paz em Casa já está definida. Com o tema ‘Cabeça de Mulher’, a abertura oficial do evento ocorre no dia 15 de agosto, às 8h30, no Hotel Fazenda Mato Grosso. Na sequência, será realizado um seminário para cerca de 900 participantes entre oficiais da Polícia Militar, policiais em formação, juízes, promotores de justiça, defensores públicos, delegados e advogados.

Durante todo o dia, serão realizadas cinco palestras com os temas: ‘Cabeça de Mulher e a Humanização da Prática Policial’, ‘Empatia’, ‘Medidas Protetivas – a norma, o direito, a proteção efetiva’, ‘Abuso Sexual contra Infante e Adolescente’ e ‘A Guarda Compartilhada e a Lei Maria da Penha’. Os juízes das varas de violência doméstica e de família serão palestrantes. Para debatedores, foram convidadas promotoras, defensoras, advogadas e representantes da Ordem dos advogados do Brasil – Seccional de Mato Grosso (OAB-MT).

No dia 17 de agosto a comissão organizadora promove uma roda de conversa com mulheres integrantes dos clubes de mães, de associações dos bairros, dos conselhos da mulher e convidadas. O bate-papo será no Auditório Clóves Vettorato, no Palácio Paiaguás, das 14h às 18h, e contará com a participação do secretário de Segurança Pública de Mato Grosso, Rogers Elizandro Jarbas, e da corregedora-geral da Justiça do Estado, desembargadora Maria Erotides Kneip.

No dia 18, serão assinados termos de cooperação para encaminhamento de vítimas de violência doméstica para programas sociais e para implantação do trabalho da rede de atendimento nas comarcas de Mato Grosso. No dia 19, estudantes dos cursos de Direito, Serviço Social e Psicologia são esperados para um seminário acadêmico, no Fórum da capital, das 14h às 18h.

Para fechar a semana, o bairro Pedra 90 receberá uma ação social no dia 20 de agosto, das 8h às 12h. “O local foi escolhido por ter alto índice de violência familiar e contra a mulher. A atividade visa levar ações de cidadania, direito, beleza e família, além de conscientizar as mulheres sobre os seus direitos, orientá-las a resgatar a autoestima e a sair do ciclo de violência”, conta a organizadora da campanha, juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 10ª Vara Criminal e da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Cuiabá.

A campanha nacional Justiça pela Paz em Casa, idealizada pela ministra Cármen Lúcia, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), tem o objetivo de promover uma cultura de paz nos lares brasileiros. Em Mato Grosso, as atividades são realizadas pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher) em parceria com a Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ-MT). A iniciativa do Judiciário tem apoio do Governo do Estado, Prefeitura de Cuiabá, Assembleia Legislativa, polícias Civil e Militar, Ministério Público, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil, entre outros parceiros.

Veja aqui a programação completa.

Ana Luíza Anache
Assessoria de Comunicação CGJ-MT

Acesse no site de origem: Campanha pela paz em casa tem programação definida (TJMT – 05/08/2016)