Campanha pelo fim da Violência contra Mulheres começa dia 20 em São José dos Campos (Pref. SJC – 13/11/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Prefeitura de São José dos Campos realiza uma série de atividades durante a Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres, que será entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro. A programação terá mais de 20 ações com foco na mulher. Serão informações para enfrentar os vários tipos de violência, como a sexual, doméstica, psicológica, física, entre outras.

As mulheres também poderão tirar dúvidas e participar de eventos, que serão abertos ao público. Todas as atividades são gratuitas e serão realizadas em diversas regiões da cidade, como Secretaria de Promoção da Cidadania; Unidades Básicas de Saúde; Casas de Cultura; Assentamento Nova Esperança – MST; Praça Afonso Pena; Parque da Cidade entre outros.

As mulheres também poderão tirar dúvidas e participar de eventos, que serão abertos ao público. Todas as atividades são gratuitas

As mulheres também poderão tirar dúvidas e participar de eventos, que serão abertos ao público. Todas as atividades são gratuitas

Essa é a terceira edição da campanha e o tema é “Estamos em Rede, em rede somos mais fortes”. O objetivo é apresentar o trabalho articulado realizado em São José dos Campos, com os diversos segmentos da sociedade, instituições públicas, conselhos populares, movimentos de mulheres e feministas, que visa prevenir a violência, enfrentar a discriminação e tudo que afeta a dignidade humana, com foco especial, neste período, para as mulheres.

A realização da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres faz parte das diretrizes da Campanha Compromisso e Atitude – Lei Maria da Penha – A Lei é mais forte, assinada pela Prefeitura de São José dos Campos em 2013, em um pacto com o Governo Federal.

A campanha ocorre desde 1991, quando foi lançada pelo Center for Women’s Global Leadership – CWGL (Centro de Liderança Global de Mulheres), realizada anualmente em cerca de 150 países, entre os dias 25 de novembro e 10 de dezembro. No Brasil, tem início no dia 20 de novembro (Dia Nacional da Consciência Negra), com o objetivo de destacar a dupla discriminação sofrida pelas mulheres negras.

A realização da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres é uma iniciativa da Secretaria de Promoção da Cidadania – Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres em parceria com Secretaria de Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Conselhos Gestores de Unidades Básicas de Saúde (CGU’s), Secretaria de Educação, Fundação Cultural Cassiano Ricardo, Secretaria de Desenvolvimento Social, Fundhas, Centro Dandara de Promotoras Legais, Quilombelas – Núcleo de Mulheres Negras e Comitê do Laço Branco – Homens pelo fim da Violência Contra as Mulheres.

Mais informações pelos telefones 3932-8613 ou 3932-8620.

16 dias de Ativismo

O período da campanha, 25 de novembro a 10 de dezembro somam 16 dias e foi escolhido por conter datas importantes e simbólicas para as mulheres do mundo inteiro:

Dia 25 de novembro – Dia Internacional da Não Violência Contra as Mulheres. Data marcada pelo assassinato brutal das irmãs Minerva, Pátria e Maria Tereza, que ficaram conhecidas como “Las Mariposas”, ativistas pela liberdade política na República Dominicana, governado por Rafael Leônidas Trujillo de 1930 a 1961, conhecido por matar todos os opositores;

1º de dezembro – Neste dia, em 1988, ocorreu o Encontro Mundial de Ministros da Saúde de 140 países, em Londres. A data passou a representar o Dia Mundial de Combate à AIDS. Dados estatísticos demonstram crescimento nos casos de mulheres contaminadas, inclusive no Brasil, fato que levou o Governo a lançar o Plano de enfrentamento da Feminização da AIDS e outras DST’s.

6 de dezembro – Em 1989, aconteceu o massacre de mulheres em Montreal no Canadá. Marc Lepine invadiu armado, uma sala de aula da Escola Politécnica, ordenou que os 48 homens saíssem, atirou e assassinou, a queima roupa, 14 mulheres que estavam no local, e em seguida suicidou-se. Uma carta justifica seu ato dizendo “não suportar a ideia de ver mulheres estudando Engenharia, um curso tradicionalmente voltado para os homens”. O massacre tornou-se símbolo da injustiça contra as mulheres e inspirou a criação da Campanha do Laço Branco, mobilização mundial de homens pelo fim da violência contra as mulheres. No Brasil, a partir de 2007, é o dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo fim da Violência contra as Mulheres (Lei 11.489/07).

10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos – Em 10 de dezembro de 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adotada pela ONU (Organização das Nações Unidas), como resposta à barbárie praticada pelo nazismo contra judeus e comunistas, e ainda às bombas atômicas lançadas pelos Estados Unidos da América sobre Hiroshima e Nagasaki, matando milhares de inocentes.

Programação

Sexta-feira (20)

Dia Nacional da Consciência Negra

9h às 12h

Seminário Municipal Sobre Notificação Compulsória – Ações em Rede – Notificar é preciso

Secretaria de Promoção da Cidadania

Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim Américas

15h

Chá com bonecas ou um motivo pra discutir gênero – Ações em Rede Arte, Cultura e Cidadania

Casa de Cultura Flávio Craveiro

Avenida Lênin, 200 – Dom Pedro I

18h

Sarafro – Sarau Afro – Ações em Rede – Arte, Cultura e Cidadania

Casa de Cultura Flávio Craveiro

Avenida Lênin, 200 – Dom Pedro I

Segunda-feira (23)

14 h

Bate papo Ações em Rede – Saúde e Violência

UBS (Unidade Básica de saúde) Telespark

Rua Benedito Pereira Lima, 210 – Telespark

 

Terça-feira (24)

9h

Bate papo Ações em Rede – Gênero e Cidadania

CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) Santa Hermínia

Rua F, 200 – Santa Hermínia

14h

Roda de Mulheres – Trabalhadoras Rurais – Ações em Rede – Gênero e Cidadania

Sede Social do Assentamento Nova Esperança- MST

Rua Canário, s/n (Acesso pela Estrada Pedro Moacir de Almeida – Estrada da Vargem Grande)

14h

Bate papo – Ações em Rede – Saúde e Violência

UBS (Unidade Básica de Saúde) Chácaras Reunidas

Praça Cariri, 104 – Chácaras Reunidas

19h

Bate papo – Ações em Rede -Gênero e Cidadania

Fundhas Campos de São José – Unidade Petrobras

Rua Alexandre Souza Roberto, 20 – campos de São José

 

Quarta-feira (25)

Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher

9h às 12h – 13h30 às 17h

Curso de Formação Informação e Trocas de Experiências da “Rede de Serviços e Cuidados às Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar – Módulo Especifico: Notificação Compulsória

Secretaria de Promoção da Cidadania

Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América

18h

Sarau da Carolina – Ações em Rede – Arte, Cultura e Cidadania

Secretaria de Promoção da Cidadania

Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América

 

Sexta-feira (27)

8h30

Bate papo – Ações em Rede – Saúde e Violência

UBS (Unidade Básica de Saúde) Jardim São José II

Rua Frediano Bianchi Filho, 220 – Jardim São José II

Sábado (28)

9h às 12h

2º Seminário do Laço Branco – Ações em Rede – Comitê Laço Branco| Masculinidades e Gênero

Secretaria de Promoção da Cidadania

Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América

 

Domingo (29)

15h

Piquenique das Mina

Parque da Cidade Roberto Burle Max

Avenida Olivio Gomes, 100 – Santana

Segunda-feira (30)

8h30

Bate papo – Ações em Rede – Saúde e Violência

UBS (Unidade Básica de Saúde) Alto da Ponte

Rua Anselmo Carnevalli,82 – Alto da Ponte

18h

Roda de Mulheres do Centro Dandara – Ações em Rede

Rua Romeu Carnevalli, 86 – Jardim Bela Vista (Centro)

Terça-feira (1º de dezembro)

Dia Mundial de Combate a AIDS

14h

Bate papo – Ações em Rede – Centro Dandara de Promotoras Legais Populares

FUNDHAS Unidade Rosa Thomita

Rua Airton Senna da Silva, s/n – Jardim São José II

14h

Bate papo – Ações em Rede – Saúde e Violência

UBS (Unidade Básica de Saúde) Vila Paiva

Rua João Pedro da Rocha, 181 – Vila Paiva

 

Sábado (5 de dezembro)

9h

Caminhada Laço Branco – Homens pelo fim da Violência Contra as Mulheres

Concentração Praça Afonso Pena – Trajeto: Calçadão da Rua 7 de Setembro – Mercado Municipal

9h

Brechó e Ativismo – Centro Dandara de Promotoras Legais Populares

Rua Romeu Carnevalli, 86 – Jardim Bela Vista (Centro)

 

Segunda-feira (7 de dezembro)

14 h

Bate papo- Ações em Rede – Saúde e Violência

UBS (Unidade Básica de Saúde) São Francisco Xavier

Estrada Pedro Davi, s/nº, Distrito de São Francisco Xavier

14h

Reunião Rede de Serviços e Cuidados às Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar

Centro Dandara de Promotoras Legais Populares

Rua Romeu Carnevalli, 86 – Jardim Bela Vista (Centro)

Quarta-feira (9 de dezembro)

14h

Reunião do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher – Ações em Rede – Concretude e realização

Secretaria de Promoção da Cidadania

Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América

Quinta-feira (10 de dezembro)

Dia da Declaração dos Direitos Humanos

10h

Bate papo – Ações em Rede – Saúde e Violência

UBS (Unidade Básica de saúde) Putim

Rua Roberto Aparecido Cruz, 100 – Jardim Santo Onofre

14h

Bate papo – Ações em Rede – Saúde e Violência

UBS (Unidade Básica de Saúde) Campo dos Alemães

Avenida José Izaltino Silva, s/nº – Campos dos Alemães

9h às 12 – 13h30 às 17h

Encerramento da edição 2015 e Formatura da 3ª Turma do Curso de Formação, Informação e Trocas de Experiências “Rede de Serviços e Cuidados

Secretaria de Promoção da Cidadania

Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América