CAOP mulher divulga dados estatísticos da violência doméstica no Amapá (MPAP – 10/05/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O Centro de Apoio Operacional de Defesa da Mulher – CAOP Mulher, do Ministério Público do Amapá (MP-AP), divulgou o relatório estatístico anual dos casos de violência doméstica praticada contra a Mulher.

Em 2015, somente em Macapá, 1.486 casos de violência doméstica foram registrados pela Promotoria de Defesa da Mulher. Segundo a promotora de Justiça Alessandra Moro, este levantamento retrata de maneira detalhada a realidade da violência doméstica vivida por muitas mulheres na capital amapaense.

“Nossos estudos revelam o perfil do agressor que, em sua maioria, apresenta idade compreendida entre 26 e 35 anos, de naturalidade amapaense, que recebe até um salário mínimo e que em 86% dos casos possui vínculo de afetividade com a vítima, entre eles companheiros, ex-companheiros, ex-namorados, maridos, etc.”, destacou a promotora.

O levantamento estatístico aponta que 68% das mulheres agredidas já sofreram outros episódios de humilhações, desrespeito ou agressões físicas, antes do primeiro registro da ocorrência. Constatou-se, ainda, que 60% dos casos são causados por motivos passionais, e em 26% o agressor estava sob o efeito de álcool.

“O MP-AP, através do CAOP Mulher, desenvolve ações de prevenção e combate à violência doméstica. Nossa missão é levar informação à sociedade e garantir que a Lei Maria da Penha seja efetivamente aplicada. A mulher, mais consciente dos seus direitos, sente-se menos intimidada e com mais coragem para denunciar seu agressor”, afirmou Alessandra Moro.

Os bairros do Congós e Brasil Novo registraram o maior número de casos de violência doméstica contra a mulher. Os crimes de lesão corporal são os mais praticados, seguidos das ameaças e crimes contra a honra.

O Relatório estatístico tem como objetivo fornecer elementos que possam contribuir para elaboração de Políticas Públicas de combate a essa violência no Estado.

Acesse no site de origem: CAOP mulher divulga dados estatísticos da violência doméstica no Amapá (MPAP – 10/05/2016)