Casa da Mulher Brasileira comemora um ano de atividades em Campo Grande (Capital News – 02/02/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Inaugurada em 2015 pela presidente Dilma a Casa registrou mais de 8 mil boletins de ocorrência nesse período

A Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande comemora um ano de atividade nessa quarta-feira (3) ás 8h30 com novos serviços como implantação da unidade da polícia militar e o lançamento do Sistema Informatização. Na ocasião será feita a entrega do projeto “Liberta Mulheres” criado em dezembro de 2015 pela Prefeitura de Campo Grande. O evento terá a presença da secretária nacional de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, Aparecida Gonçalves, a Secretária Municipal de Políticas para as Mulheres, Leyde Pedroso, do diretor-presidnete da Fundação Social do Trabalho (Funsat) Aldo Donizete e a gestora da Casa da Mulher Brasileira, Eloisa Berro.

A Casa trabalha com serviços integrados de diversos órgãos como Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), que protege e investiga os crimes de violência doméstica e sexual, realizando Boletins de Ocorrência e encaminhamentos para medidas protetivas; a 3ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, órgão da Justiça responsável por processar, julgar e executar as causas resultantes de violência doméstica e familiar; Promotoria Especializada do Ministério Público que promove a ação penal dos crimes de violência; e também a Defensoria Pública, que orienta as mulheres sobre seus direitos e acompanha as etapas do processo judicial.

Estes órgãos trabalham de maneira integrada e especializada na busca de facilitar as ações protetivas as mulheres vitimas de violência evitando gerar desgaste, constrangimento ou desistência de um processo. Ao todo a Casa registrou pelo DEAM 8.595 Boletins de Ocorrência e 922 prisões. Na 3ª Vara foram 2.444 medidas protetivas. A promotoria atendeu 446 casos incluindo as ligações do Ligue 180 e a Defensoria prestou assistência jurídica a 2.131 mulheres.

Antonio Negruny

Acesse no site de origem: Casa da Mulher Brasileira comemora um ano de atividades em Campo Grande (Capital News – 02/02/2016)