Caso Rendrik: réu é condenao a 18 anos de reclusão por matar estudante (TJDFT – 10/12/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Chegou ao fim, na madrugada desta quinta-feira, 10/12, o julgamento do advogado e professor de Direito Rendrik Vieira Rodrigues, acusado de matar a estudante Suênia Sousa Farias, com quem mantinha um relacionamento amoroso. Rendrik foi condenado à pena de 18 anos de reclusão em regime inicial fechado, acusado de cometer homicídio qualificado por motivo torpe e com utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima (art. 121, § 2º, incisos I e IV, do Código Penal). De acordo com os autos, o crime ocorreu no dia 30 de setembro de 2011.

Leia também: Acusado de matar aluna após fim de namoro é condenado a prisão no DF (G1/Distrito Federal – 10/12/2015)

A decisão do Tribunal do Júri foi lida pelo Juiz Presidente às 1h50. Na ocasião, o advogado de defesa, por não se conformar com a sentença proferida em Plenário, apresentou apelação com fundamento no artigo 593, inciso III, alíneas “a”, “b”, “c” e “d”, do Código de Processo Penal, bem como requereu apresentação das razões na segunda instância, na forma do artigo 600, § 4º, do Código de Processo Penal.

A sessão de julgamento teve início às 9h50 de quarta-feira, 9/12, e transcorreu até às 1h50 da madrugada desta quinta-feira, 10/12.

Acesse no site de origem: Caso Rendrik: réu é condenao a 18 anos de reclusão por matar estudante (TJDFT – 10/12/2015)