Casos de estupro aumentam 56% em Belo Horizonte (O Tempo/MG – 03/03/2014)

O número de ocorrências de roubos e estupros disparou em Belo Horizonte em janeiro e foram responsáveis por fazer do mês retrasado o segundo mais violento desde 2012, quando a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) adotou a metodologia de divulgação dos dados.

Ao todo, foram 2.750 roubos em janeiro de 2014, contra 2.157 no mesmo período do ano passado, uma alta de 27%. Já os estupros tiveram uma crescimento ainda mais expressivo. Enquanto no primeiro mês de 2013 foram 16 ocorrências, em janeiro deste ano, esse número pulou para 25 – uma elevação de 56%.

Esses dados foram os que mais pesaram para alta de toda a criminalidade violenta na capital. Após registrar um aumento de 21% em 2013 – com relação a 2012 –, o ano começou com mais uma alta. Levando em consideração todas as ocorrências com uso de violência (roubo, homicídio, estupro, extorsão, sequestro e cárcere privado), a capital mineira registrou 2.955 ocorrências. Nos últimos dois anos, apenas novembro do ano passado teve números piores: 2.999.

ALTA. Os primeiros números da criminalidade em Belo Horizonte mostram que ainda há uma alta da violência na cidade, mesmo tendo como base de comparação um ano que já causou uma grande sensação de insegurança nos moradores da capital.

Número de homicídios cai 29%

O número de homicídios consumados, em janeiro, na capital mineira, caiu 29% na comparação com dezembro de 2013. No mês passado, foram 59 assassinatos em Belo Horizonte, o menor número desde setembro de 2012. No mês anterior, haviam sido 84 homicídios.

Já as tentativas de assassinato foram na direção contrária e tiveram aumento de 17% no mesmo período. Foram 102 ocorrências em janeiro contra 87 em dezembro.

BERNARDO MIRANDA

Acesse no site de origemCasos de estupro aumentam 56% em Belo Horizonte (O Tempo/MG – 03/03/2014)