Casos de estupro têm alta de 200% em Limeira entre março e abril, aponta SSP (G1/SP – 29/05/2017)

Secretaria de Segurança Pública divulgou dados dos primeiros quatros meses do ano; homicídios dolosos tiveram queda, de acordo com a pasta.

O número de estupros em Limeira (SP) cresceu 200% entre março e abril deste ano, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do estado. Os registros da violência passaram de cinco para 15 casos na cidade. Em Piracicaba (SP), as ocorrências do crime tiveram queda entre um mês e outro.

Piracicaba teve 13 denúncias de estupros no primeiro quadrimestre de 2017, o mesmo número registrado no ano passado. Em Santa Bárbara d’Oeste (SP), os casos da violência passaram de três, em 2016, para seis entre janeiro e abril deste ano.
Diferente dos anos anteriores, a SSP especifica duas categorias do crime, entre estupro e estupro de vulnerável, quando a vítima é menor de 14 anos, tem qualquer deficiência mental ou não pode responder pelo próprio corpo, se estiver sob efeito de alguma substância, por exemplo.

Em Piracicaba, de janeiro a abril, foram registrados 16 casos de estupro, cinco foram contra vítimas vulneráveis. Nos quatro primeiros meses do ano passado, a estatística apontou 13 ocorrências do crime, sem especificar a modalidade.
Limeira registrou 31 casos de estupro, 19 das ocorrências foram contra vítimas vulneráveis de janeiro a abril deste ano. Em 2016, foram 33 casos ao todo, no primeiro quadrimestre.
 

Homicídios
 
O número de homicídios dolosos, quando há intenção de matar, se manteve igual entre os primeiros quadrimestres de 2016 e 2017, em Limeira, segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Em Piracicaba, esse tipo de crime apresentou queda, foram sete casos de janeiro a abril do ano passado e cinco ocorrências nos primeiros meses de 2017.

Acesse no site de origem: Casos de estupro têm alta de 200% em Limeira entre março e abril, aponta SSP (G1/SP – 29/05/2017)