Ceará registra média de 3,5 casos de violência doméstica por dia em janeiro (G1/Ceará – 05/02/2017)

Foram 97 agressões contra mulher nas primeiras quatro semanas do ano. Três em cada 10 mulheres da região Nordeste já sofreram agressões

O Ceará registrou 97 casos de violência doméstica nas quatro primeiras semanas de 2017, uma média de 3,5 casos por dia. Apesar de o número ser considerado alto, fica abaixo da média diária de anos anteriores; em 2016 foram denunciadas 25 agressões por dia.

Sobral é responsável por quase metade dos casos de violência contra a mulher neste início de ano, foram 46 casos de agressões. Em Barbalha, na região Cariri, foram 14 casos.

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) estima que 65% das mulheres assassinadas no Ceará sejam vítimas de crimes passionais. Ou seja, a cada 10 mulheres mortas, seis são vítimas de feminicídio, cometidos por namorados, maridos ou ex-companheiros. Os demais assassinatos ocorrem por envolvimento com a criminalidade ou outros motivos, que se configuram como homicídio.

Casos no Nordeste

Um estudo divulgado concluiu que três em cada dez mulheres que vivem em capitais do Nordeste já sofreram algum tipo de violência doméstica, ao longo da vida.
Em 50% dos casos, a violência contra a mulher é presenciada pelos filhos. E 20% das mulheres agredidas disseram que durante a infância já assistiram a mãe sofrer violência.

Denúncia

“Com o advento da Lei Maria da Penha e por conta das delegacias especializadas na violência doméstica, as mulheres estão procurando mais as delegacias, mais informadas e se sentindo mais encorajadas para fazer suas denuncias”, afirma a delegada Ivana Marques.

Denúncias de agressões ou violência contra a mulher podem ser realizadas nos Centros Estadual e Municipal de Referência e Apoio à Mulher, Delegacias de Defesa da Mulher ou através do telefone 180, da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher.

Mais informações sobre como realizar denúncias e apoio em caso de agressões podem ser adquiridas por meio do site do Observatório da Violência contra a Mulher (Observem).

Rede de apoio e enfrentamento à violência contra a mulher
Local Endereço Telefone
Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza Rua Manuelito Moreira, Nº 12 – Benfica (85) 3101-2495
Delegacia de Defesa da Mulher de Caucaia Rua José da Rocha Sales, Nº 155 – Centro (85) 3101-7926
Centro Estadual de Referência e Apoio à Mulher Rua Padre Francisco Pinto, Nº 363 – Benfica (85) 3101-2383
Centro Ref. e Apoio a Mulher Francisca Clotilde Rua Gervásio de Castro, Nº 54 – Benfica (85) 3105-3417
Núcleo de Gênero Pró- Mulher – Fortaleza Rua Waldery Uchoa, no. 260 – Benfica (85) 3214 – 2673
Fonte: Observatório da Violência contra a Mulher (Observem)

Acesse no site de origem: Ceará registra média de 3,5 casos de violência doméstica por dia em janeiro (G1/Ceará – 05/02/2017)