Cevid realiza reunião para apresentar resultados do trabalho conjunto entre o Tribunal de Justiça, a Secretaria da Mulher de Curitiba e a Guarda Municipal (TJPR – 09/10/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid), do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR), realizou quinta-feira (08/10), uma reunião para avaliar os resultados da Patrulha Maria da Penha, desde a sua implantação em Curitiba, em 08 de março de 2014.

O evento também contou com a participação do 2º Vice-Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Fernando Wolff Bodziak e do Corregedor, Desembargador Robson Marques Cury.

Ao dar as boas-vindas a todos os presentes, a Coordenadora da Cevid, Desembargadora Denise Krüger Pereira, ressaltou a importância da realização do evento e afirmou ser uma honra para o Poder Judiciário trabalhar em conjunto com as demais instituições na defesa da mulher. Durante o evento, os representantes das instituições parceiras prestaram homenagens à magistrada Luciane Bortoleto, que atuou no Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Curitiba, desde a sua implantação em 2007 até o início de setembro de 2015, ocasião em que foi removida a Juíza substituta em 2º Grau. Os presentes enfatizaram o trabalho realizado pela Magistrada como exemplo a ser seguido e de grande valia, não apenas para o Poder Judiciário, mas também para as vítimas atendidas durante toda a sua trajetória como titular do Juizado de Violência Doméstica. Ressaltaram, ainda, a importância do trabalho da magistrada Luciane junto à CEVID, destacando seu comprometimento para dar efetividade às ações de combate à violência contra a mulher.

A Juíza Luciane Bortoleto, ao agradecer as homenagens recebidas, relembrou as dificuldades enfrentadas desde a implantação do Juizado, todo o árduo trabalho desenvolvido para a conquista da rede de enfrentamento à violência contra a mulher, elogiando a todos os parceiros, fundamentais para a construção dos resultados. Por fim, agradeceu, em especial, a Desembargadora Denise Krüger Pereira, pela cumplicidade e compromissos assumidos durante a trajetória na área da violência doméstica.

O Desembargador Fernando Wolff Bodziak, em nome da Presidência deste Tribunal, ressaltou a importância do espírito de união e de colaboração existente entre todas as instituições que atuam para proteger as mulheres em situação de violência doméstica. Cumprimentou a todos pelos trabalhos realizados e resultados obtidos, ressaltando que “as dificuldades que existem são para que sejam enfrentadas e superadas, assim como a drª. Luciane enfrentou inúmeras delas, por quase uma década e sem esmorecer. Com certeza, a nova magistrada do Juizado vai poder contar com toda essa coesão e rede de proteção que tem se formado. Continuem em frente, pois os reflexos de todo esse trabalho já estão sendo vistos por todos nós, as famílias paranaenses, e, principalmente, as mulheres paranaenses agradecem”.

Participaram ainda da reunião a magistrada Márcia Margarete do Rocio Borges, juíza titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Curitiba, a Diretora do Departamento de Direitos Humanos e Cidadania da Secretaria Estadual de Justiça, Regina Bley, a Presidente da Comissão de Estudos à Violência de Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil, Sandra Lia Bazzo, a Coordenadora do Núcleo de promoção da Igualdade de Gênero e do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção aos Direitos Humanos, Mariana Bazzo, assessores e servidores dos órgãos envolvidos e efetivo da Guarda Municipal de Curitiba.

Acesse no site de origem: Cevid realiza reunião para apresentar resultados do trabalho conjunto entre o Tribunal de Justiça, a Secretaria da Mulher de Curitiba e a Guarda Municipal (TJPR – 09/10/2015)