CineDebate apresenta documentário ‘Quem matou Eloá?’ (TJSP – 03/10/2016)

Documentário foi exibido no Fórum João Mendes Júnior.

Na 2ª edição do CineDebate a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo (Comesp) apresentou, na sexta-feira (2), o documentário “Quem matou Eloá?”. O evento participa da campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher, bem como integra a 6ª Edição da Semana Nacional Justiça pela Paz em Casa, realizada de 28/11 a 2/12.

Participaram como debatedoras a pesquisadora nas áreas de antropologia social e cultural Beatriz Accioly Lins; a diretora executiva do Instituto Patrícia Galvão-Mídia e Direitos, Jacira Vieira de Melo; e a realizadora do curta-metragem em debate no evento, Lívia Perez.

APÓS EXIBIÇÃO FOI REALIZADO DEBATE SOBRE O TEMA

APÓS EXIBIÇÃO FOI REALIZADO DEBATE SOBRE O TEMA

O documentário retrata a dramática situação ocorrida em 2009, na qual Eloá Pimentel, uma garota de 15 anos, foi mantida refém por cinco dias pelo ex-namorado. A obra evidencia a influência que os veículos de comunicação tiveram no caso e traz a espetacularização como uma das possíveis responsáveis pelo fim trágico da história.

Jacira Vieira de Melo observou a necessidade da desconstrução dos formatos adotados pela imprensa, onde se busca possíveis justificativas para os crimes violentos. Essa abordagem colabora para que vítimas ainda se tornem responsáveis pelas ações criminosas.

Beatriz Accioly Lins ressaltou a importância das mídias sociais e internet como criadoras de contra-narrativas, ferramentas que na década passada não eram tão fortemente empregadas.
Lívia Perez descreveu sobre a linguagem utilizada no documentário e relatou a tentativa de se distanciar do sensacionalismo mostrado na época dos fatos. Ressaltou ainda a importância de preservar as imagens dos menores envolvidos.

Ao final, a coordenadora da Comesp, desembargadora Angélica de Maria Mello de Almeida reforçou sobre a responsabilidade dos veículos de comunicação e como decisões judiciais podem ser instrumentos de transformação.

Comunicação Social TJSP – JT (texto) / KS e JT (fotos)

Acesse no site de origem: CineDebate apresenta documentário ‘Quem matou Eloá?’ (TJSP – 03/10/2016)