Comissão da Mulher Advogada é uma das patrocinadoras da instalação da vara especializada em Ribeirão Preto (OAB/SP – 16/05/2014)

COMAD defende desde o ano passado a instalação da vara especializada em processo de mulheres vítimas de violência

Em julho de 2013, a 12ª. Subseção da OAB SP, representada pela Coordenadora da Comissão da Mulher Advogada (COMAD), Luciana Grandini Remolli, marcou presença na reunião no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), em apoio à solicitação de instalação de Vara especializada em processos de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar na cidade de Ribeirão Preto.

A instalação da vara específica é uma das lutas da COMAD junto com a sociedade civil e outros entes públicos.

Na última visita do presidente do TJSP, José Renato Nalini, no dia 11.05 em Ribeirão Preto para a inauguração do Decrim (Departamento Estadual de Execução Criminal), o Presidente Domingos Stocco além de entregar o abaixo assinado pedindo o atendimento pleno no Banco do Brasil instalado no Fórum Estadual, e fazer outras cobranças, recebeu uma resposta muito auspiciosa entre suas indagações, de que, a cidade terá sim uma Vara especializada em processos de mulheres vítimas de violência doméstica.

“É uma vitória de todos nós, a democracia funciona desta forma, desde o ano passado vemos pressionando quase que mensalmente para esse ganho em políticas públicas em benefício e segurança da mulher que é vítima de violência”, disse a Coordenadora Luciana Grandini Remolli.

Ipea revela dados inéditos sobre violência contra a mulher

Estudo preliminar do Ipea estima que, entre 2009 e 2011, o Brasil registrou 16,9 mil feminicídios, ou seja, “mortes de mulheres por conflito de gênero”, especialmente em casos de agressão perpetrada por parceiros íntimos. Esse número indica uma taxa de 5,8 casos para cada grupo de 100 mil mulheres.

Acesse no site de origem: COMAD é uma das patrocinadoras da instalação da vara especializada em processo de mulheres vítimas de violência a ser instalada pelo TJ (OAB/SP – 16/05/2014)