Comitê de prevenção à violência doméstica realiza audiência pública no Tribunal de Justiça (TJTO – 08/06/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O Comitê de Prevenção à Violência Doméstica no Tocantins (CPVID) realizou na tarde desta quarta-feira (8/7), audiência pública no auditório do Tribunal de Justiça, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Tocantins. A audiência faz parte da campanha “Justiça pela paz em casa”.

TJT 1948Participaram da audiência a presidente da Comissão da Mulher Advogada, Letícia Bittencourt, coordenadora do evento; presidente do CPVID, juiz de direito Antiógenes Ferreira de Souza; representante da OAB/TO, Graziela Reis; deputada estadual Valderez Castelo Branco; representante da Secretaria de Segurança Pública, delegada Luciana Coelho Midlej; representante da Secretaria da Cidadania e Justiça, Ana Maria Guedes Vanderlei; representante da Defensoria Pública, Vanda Sueli Machado; e a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Palmas, Maria Haydee Guimarães.

Segundo a advogada Letícia Bittencourt, presidente da Comissão da Mulher Advogada no Tocantins, “a finalidade do projeto Justiça pela paz em casa é discutir o tema com toda a população e o poder público, a fim de diagnosticar os principais problemas que levam á violência contra a mulher e, a partir daí, traçar políticas para que essa problemática seja superada.”

Já o juiz Antiógenes Ferreira de Souza disse que “a justiça tem sido atuante, num trabalho contínuo com a rede integrada ao combate à violência contra a mulher”. Segundo ele, “os números de casos mostram que as agressões existem e essa cultura precisa ser vencida. A atuação da rede integrada favorece para que as vítimas denunciem e os resultados já aparecem através de pesquisas que são realizadas rotineiramente”.

Coordenado no Tocantins pelo juiz de direito Antiógenes Ferreira de Souza, titular da Vara Especializada de Combate à Violência Doméstica contra a Mulher em Palmas, o CPVID é composto no estado pela Secretaria de Defesa e Proteção Social, Secretaria de Segurança Pública, Defensoria Pública, OAB e Ministério Público Estadual.

Luiz Pires – Cecom/TJTO

Acesse no site de origem: Comitê de prevenção à violência doméstica realiza audiência pública no Tribunal de Justiça (TJTO – 08/06/2016)