Conselho dos Direitos da Mulher de MT se reúne com representante do Governo Federal para implantar “Casa da Mulher Brasileira” em Cuiabá (DPMT – 19/02/2014)

Casa da Mulher Brasileira irá concentrar no mesmo espaço físico os principais serviços multidisciplinares de atendimento às mulheres (Foto: DPMT)

Casa da Mulher Brasileira irá concentrar no mesmo espaço físico os principais serviços multidisciplinares de atendimento às mulheres (Foto: DPMT)

A Presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Mato Grosso, Defensora Pública Rosana Leite Antunes, participou da primeira reunião com Susan Alves, Chefe de Gabinete da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República e com representantes do Poder Judiciário Estadual e da Prefeitura de Cuiabá para a instalação da Casa da Mulher Brasileira na Capital.

O projeto faz parte do Programa do Governo Federal “Mulher, Viver Sem Violência”, que engloba ainda a ampliação da Central 180, a humanização e adequação dos IMLs e Hospitais de Referência, o Centro de Atendimento às Mulheres nas Fronteiras, campanhas continuadas de conscientização, além de unidades móveis para mulheres em situação de violência no campo e na floresta (ônibus e barcos).

A Casa da Mulher Brasileira irá concentrar no mesmo espaço físico os principais serviços multidisciplinares de atendimento às mulheres, visando principalmente garantir e facilitar o acesso das mulheres aos serviços públicos, o atendimento integral, especializado e humanizado e viabilizar a integração operacional dos serviços.

Conforme Susan, a presidente Dilma Rousseff determinou que ainda em 2014, 27 Casas da Mulher Brasileira sejam construídas no País, 11 delas até junho deste ano.

Em Cuiabá, a equipe discute os detalhes da implantação do local, como terreno, custeio, atribuições, entre outros.

Participaram da reunião, além da Defensora Pública Rosana Leite Antunes e da Chefe de Gabinete da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Susan Alves, o 2º Subdefensor-Geral Caio Cezar Buim Zumioti, a Superintendente de Políticas para Mulheres do Estado de Mato Grosso, Ana Emília Iponema Brasil, a Coordenadora do Núcleo de Enfrentamento à Violência Doméstico e Familiar do Mistério Público de Mato Grosso, Elisamara Portela, o Juiz de Direito Auxiliar da Presidência do tribunal de Justiça de Mato Grosso, Túlio Dualibi, e a representante da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Cuiabá, Cristiane Almeida.

Acesse no site de origem: Conselho dos Direitos da Mulher de MT se reúne com representante do Governo Federal para implantar “Casa da Mulher Brasileira” em Cuiabá (DPMT – 19/02/2014)