Contra abuso, Curitiba quer criar ônibus exclusivo para mulheres (R7 – 23/10/2013)

Vereador sugeriu que coletivos tenham a cor rosa (Foto: Divulgação)

Vereador sugeriu que coletivos tenham a cor rosa (Foto: Divulgação)

Um projeto de lei que tramita na Câmara Municipal de Curitiba (PR) quer que 20% dos ônibus das principais linhas da cidade sejam destinados somente às mulheres, nos horários de pico. Na terça-feira (22), a proposta foi aprovada pela Comissão de Legislação da Casa. O autor da matéria, vereador Rogério Campos (PSC), disse que levou em conta os diversos casos de abuso que acontecem todos os dias.

— Esse foi o principal motivo da apresentação desse projeto. Faz 16 anos que eu sou trabalhador do transporte coletivo e fiz muito essas linhas que davam esses problemas.

Os ônibus biarticulados e ligeirinhos teriam cor diferenciada. Campos propôs que sejam rosa. Os demais coletivos continuariam sendo mistos, segundo o autor da proposta.

— É nos terminais que as pessoas pegam os ligeirinhos e os biarticulados, que acabam sendo mais cheios e é onde os homens se aproveitam das mulheres.

O vereador diz acreditar na repressão dos próprios usuários para combater que homens entrem nos ônibus femininos.

— Automaticamente, se o homem entra em um ônibus de uma cor diferenciada, quem está de fora já vai ver que ele está mal-intencionado de entrar em um ônibus só para mulheres. Ele será constrangido pelo restante da população por isso.

A presidente da comissão, vereadora Julieta Reis (DEM), disse que o projeto foi colocado em votação em um caráter democrático, mas que é “inconstitucional” e que “não tem condições de prosperar” devido a vício de iniciativa. A proposta ainda será votada em mais quatro comissões antes de ser levada ao plenário.

Fernando Mellis

Acesse no site de origem: Contra abuso, Curitiba quer criar ônibus exclusivo para mulheres (R7 – 23/10/2013)