Coordenadoria Estadual da Mulher define ações de combate à violência doméstica (TJCE – 13/02/2013)

A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, que tem à frente a desembargadora Francisca Adelineide Viana, definiu as ações e campanhas que serão desenvolvidas em 2013, objetivando combater a violência contra o público feminino.

A primeira atividade será realizada no dia 8 de março, na Praça da Matriz, em Messejana. De acordo com estatísticas do Observatório de Violência Contra a Mulher (Observem), da Universidade Estadual do Ceará (Uece), o bairro possui o maior índice de violência praticada contra esse público em toda Fortaleza.

A programação será definida na próxima terça-feira (19/02), quando a Coordenadoria fará reunião com parceiros, entre eles o Ministério Público, a Defensoria Pública, a Uece e os Juizados de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Fortaleza e Juazeiro do Norte. Também são parceiros o Instituto Maria da Penha e escolas da rede estadual e municipal de ensino. Ficaram acertadas ainda a distribuição de panfletos e a realização de rodas de conversa com professores, alunos e pais, além de caminhadas e palestras.

As ações foram discutidas durante reunião na última sexta-feira (08/02). Presidido pela desembargadora Adelineide Viana, o encontro contou com a participação da coordenadora do Núcleo de Gênero Pró-Mulher do Ministério Público do Ceará, procuradora Maria Magnólia Barbosa da Silva, e do titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Juazeiro do Norte, juiz José Mauro Lima Feitosa, além de Conceição de Maria e Cláudia Fernanda, representantes do Instituto Maria da Penha.

Presentes também a diretora da Escola de Ensino Médio Deputado Paulo Benevides, Norma Arruda, e as servidoras Luisa Cristina Pimentel Teixeira e Tarlene Guedes Bessa, da Coordenadoria.

Acesse no site de origem: Coordenadoria Estadual da Mulher define ações de combate à violência doméstica (TJCE – 13/02/2013)