Crimes sexuais: Ligue 180 registra 502 denúncias em menos de 60 dias

O Ligue 180 (Central de Atendimento à Mulher) recebeu 502 denúncias de crimes sexuais até o último dia 26. Os números, referentes aos meses de janeiro e fevereiro deste ano, indicam ocorrências em todas as regiões do país.O canal de denúncias é oferecido pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). Dos casos registrados, 155 foram sobre assédio sexual, 195 estupros, 14 estupros coletivos, nove casos de exploração sexual – prostituição, 50 de importunação sexual e 79 registros de violência sexual no âmbito da violência doméstica e familiar.

“Temos que começar a trabalhar na prevenção. Nestes casos que já aconteceram, é punição, é cadeia, é reparação. E acompanhamento psicológico das vítimas. Esta pauta é prioridade. Nosso objetivo é apoiar todas as mulheres que sofreram agressões e proporcionar meios para que as denúncias sejam feitas, além de contribuir para a punição dos agressores”, ressalta a ministra Damares Alves.

Sobre o tema, a titular do MMFDH destaca, ainda, a necessidade de aumentar a pena para acusados de abuso sexual, com ênfase nos líderes religiosos.

“Eu já anunciei uma proposta legislativa que, quando o abusador for sacerdote, a pena seja agravada. Estamos trabalhando nisso. Acrescento que nós estamos vivendo um novo momento no Brasil, em que a vítima começa a ter prioridade nesta nação, em que os direitos humanos serão destinados também às vítimas”, afirmou.

Secretaria

Sobre o combate aos crimes sexuais, a secretária nacional de Políticas para Mulheres do ministério, Tia Eron, afirma que o órgão “está promovendo campanhas publicitárias, visando estimular as denúncias das mulheres vítimas de violência sexuais, pois o silêncio e o medo ainda imperam”. Ela acrescenta que, segundos dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 52% das mulheres não denunciam seu agressor.

“Além das campanhas estamos promovendo o fortalecimento da rede de proteção à mulher para garantir um atendimento qualificado, evitando assim sua revitimização”, completa.

Histórico

No ano 2018, foram registradas 730 denúncias de violência sexual nos meses de janeiro e fevereiro, somando 4.491 ocorrências ao término do ano. Em 2017, os dois primeiros meses tiveram 458 registros, com o total de 3.696 casos.

Ligue 180

O canal gratuito funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, no Brasil e em outros 16 países: Argentina, Bélgica, Espanha, EUA (São Francisco e Boston), França, Guiana Francesa, Holanda, Inglaterra, Itália, Luxemburgo, Noruega, Paraguai, Portugal, Suíça, Uruguai e Venezuela.

O serviço também pode ser acionado por meio do aplicativo Proteja Brasil. Além de registrar denúncias de violações contra mulheres, encaminhá-las aos órgãos competentes e realizar seu monitoramento, o Ligue 180 também dissemina informações sobre direitos da mulher, amparo legal e a rede de atendimento e acolhimento.

Acesse no site de origem: Crimes sexuais: Ligue 180 registra 502 denúncias em menos de 60 dias (MDH, 08/03/2019)