Defensoria e MP serão parceiros em projeto de redução da violência doméstica (DPPI – 22/02/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Defensora Pública Geral do Estado do Piauí, Francisca Hildeth Leal Evangelista Nunes, esteve reunida nesta segunda-feira (22), com a promotora de Justiça, Maria do Amparo de Sousa Vaz, coordenadora do Núcleo de Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nupevid). O objetivo do encontro foi tratar sobre assinatura de termo de cooperação técnica para o desenvolvimento do Projeto Reeducar o Homem, voltado para mudança de comportamento dos homens em relação a violência praticada contra a mulher.

Defensoria e MP serão parceiros em projeto de redução da violência doméstica e familiar(Foto:Lázaro Lemos)

Defensoria e MP serão parceiros em projeto de redução da violência doméstica e familiar (Foto:Lázaro Lemos)

“Estamos aqui buscando essa parceria com a Defensoria Pública para a realização desse Projeto, que se destina a constituir grupos com autores de violência doméstica e familiar contra a mulher, a fim de sensibilizá-los quanto ao reconhecimento, responsabilização e reflexão acerca de tal prática, através de ações educativas”, explica Maria do Amparo Sousa.

A Defensora Pública Geral, Hildeth Evangelista, confirmou a integração da Defensoria. “Trata-se de uma iniciativa de grande valia porque vai trabalhar no cerne da questão, a reeducação. Nada adianta combatermos a violência se não educarmos tanto a vítima como agressor, no sentido de que entendam que precisa ocorrer essa mudança de comportamento. A Defensoria Pública certamente integrará esse Projeto voltado para reduzir os índices de violência doméstica familiar contra as mulheres. Vamos apenas fazer alguns ajustes em conjunto com o Núcleo de Defesa da Mulher e com a 5ª Defensoria Pública Criminal para que possamos dar nossa contribuição efetiva”, afirmou.

O Projeto Reeducar o Homem tem previsão para ser lançado no próximo mês de março. Inicialmente será formada turma com 10 participantes, que deverão ser indicados pelo Núcleo Especializado de Defesa da Mulher em Situação de Violência da Defensoria Pública, assim como pelo defensor público Eric Leonardo Pires de Melo, titular da 5ª Defensoria Pública Criminal, que trabalha com o atendimento do contraditório nos casos de violência doméstica e familiar.

O Projeto já é desenvolvido no os estados de São Paulo e Rio Grande do Norte onde, segundo a promotora Maria do Amparo Sousa, de 2012 a 2016 conseguiu reincidência 0% nos casos de violência doméstica e familiar . Além da Defensoria Pública e Ministério Público, o Tribunal de Justiça do Estado do Piauí também será envolvido na parceria.

Ângela Ferry

Acesse no site de origem: Defensoria e MP serão parceiros em projeto de redução da violência doméstica (DPPI – 22/02/2016)