Defensoria participa de audiência sobre o aniversário da Lei Maria da Penha (DPPI – 17/08/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Evento aconteceu na Procuradoria Geral de Justiça

A defensora pública e coordenadora do Núcleo Especializado de Defesa da Mulher em Situação de Violência, Lia Medeiros do Carmo Ivo, esteve presente, na manhã desta sexta-feira (14), em audiência pública alusiva ao aniversário da Lei Maria da Penha, realizada no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça. Estiveram presentes ainda representantes do Núcleo de Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nupevid), da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Piauí, Câmara Municipal de Teresina, Coordenadoria Estadual de Políticas para as Mulheres do Piauí (CEPM-P), entre outras entidades.

Em sua fala, a promotora Maria do Amparo de Sousa, coordenadora do Núcleo de Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar, ressaltou o papel desempenhado pela Defensoria Pública através do Núcleo Especializado de Defesa da Mulher. “A Lei Maria da Penha comemora nove anos de efetiva vigência, mas é importante destacar que ainda existem muitas barreiras diante da execução da Lei e que, mesmo com todo o avanço, as mulheres continuam sendo preteridas de seus direitos por conta da sociedade sexista e machista que temos. Então, é importante contar com o apoio de órgãos como a Defensoria Pública que realiza um trabalho louvável de atendimento às mulheres vítimas de violência”, disse.

Para Lia Medeiros o atendimento prestado às vítimas vai além da preocupação com o andamento dos processos. “Hoje comemoramos o aniversário da Lei Maria da Penha e todos os avanços conquistados nesses nove anos, mas é preciso ressaltar que o atendimento prestado às mulheres que são vítimas de violência vai muito além de acompanhar o andamento do processo na justiça. É preciso preocupar-se com o que acontece com essa mulher durante o processo judicial e como ela vai estar depois que esse processo se encerrar porque é preciso buscar e oferecer uma transformação de vida para essa mulher”, afirmou a defensora pública.

Amanda Nolêto

Acesse no site de origem: Defensoria participa de audiência sobre o aniversário da Lei Maria da Penha (DPPI – 17/08/2015)