Defensoria Pública do Estado realiza atendimentos na Cidade do Povo (Gov/Acre – 17/09/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Na última sexta feira, 16, os portões da Escola Estadual Frei Heitor Maria Turrini, no bairro Cidade do Povo, em Rio Branco, se abriram cedo, mas a equipe montada no local era da Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE), que iniciou, junto à comunidade, o projeto “Defensoria Pública Amiga da Escola”.

A ação faz parte das comemorações dos 15 anos da Defensoria Pública e levou todos os serviços da instituição para o espaço do maior empreendimento habitacional social do estado.

Durante o atendimento, foram realizados 18 exames de DNA de forma gratuita (Foto: Diego Gurgel/Secom)

Durante o atendimento, foram realizados 18 exames de DNA de forma gratuita (Foto: Diego Gurgel/Secom)

Foram realizadas ações coletivas, investigações de paternidade, exames de DNA gratuitos e acordos extrajudiciais, além de palestras sobre Direito de Família, 1º Voto, Direito à Saúde e Lei Maria da Penha.

O atendimento que começou às oito horas da manhã e foi até às cinco da tarde, agradou os moradores da comunidade.

“Foi a primeira vez que vim buscar apoio da Defensoria, sou mãe de sete filhos e me deslocar pro centro é muito difícil, com essa equipe aqui, pude tirar minhas dúvidas”, disse a doméstica, Lenice Barbosa que buscou, junto à instituição, orientações sobre benefício social.

Quem também buscou atendimento no projeto foi a dona de casa, Jéssica Fontenele, 20.

A jovem, moradora do bairro Sapolândia, no Primeiro Distrito da cidade, se deslocou até a Cidade do Povo, para fazer um exame de DNA.

“Fiquei sabendo da ação pela televisão e como precisava fazer um teste de DNA e aqui é de graça eu vim com a minha família”, disse Jéssica.

Durante todo o dia a DPE registrou 240 atendimentos nas diversas áreas. Resultado positivo, segundo a Defensora Pública e coordenadora do projeto, Aryne Cunha.

“Foi um dia intenso de trabalho, entre orientações, palestras e encaminhamento para as varas especiais. Só exames de DNA foram realizados 18 trios – pai, mãe e filho. Pra primeira edição do projeto, foi um sucesso, conseguimos estar mais próximo da sociedade e esse é nosso papel e nosso objetivo”, comentou.

Por Ludmilla Santos

Acesse no site de origem: Defensoria Pública do Estado realiza atendimentos na Cidade do Povo (Gov/Acre – 17/09/2016)