Denúncias de violência doméstica no Mato Grosso do Sul aumentam 23,1% no primeiro semestre (Capital News – 09/08/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A campanha, Agosto Lilás, tem diversos parceiros e o apoio do Estado e da iniciativa privada, para chamar à atenção sobre a violência contra mulher

Aumentou o número de denúncias de violência contra as mulheres. No primeiro semestre de 2016 cresceu 23,1% comparado ao mesmo período de 2015. Foram realizadas 3.634 em 2016, contra 2.950 no período anterior, na Capital, um aumento de 684.

A coletiva de imprensa realizada na manhã da segunda-feira (8) apresentou os dados, quando a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e a Subsecretaria Pública de Políticas para Mulheres, pasta da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) apresentaram os números de violência contra as mulheres em Mato Grosso do Sul.

O número de medidas para proteger também cresceu na mesma proporção, 23,1%. No primeiro semestre de 2015 foram requeridas 1.804, já neste ano, até julho, foram 2.221 solicitações.
De acordo com os dados demonstram ainda que a violência física teve registros de 1.600 casos nesse ano, contra 1.236 no mesmo período do ano passado na Capital, no interior 2.650 este ano contra 2.758 em 2015. Violência psicológica foram 2.901 casos este ano e 1.869 ano passado em Campo Grande. Já no interior foram 2.998 contra 2.964 em 2015. Já o crime de estupro, num ângulo geral, foram 169 em 2016 e 197 em 2015. No interior do Estado este número é de 407 neste ano e 428 ano passado.

A campanha, Agosto Lilás, tem diversos parceiros e o apoio do Estado e da iniciativa privada, para chamar à atenção sobre a violência contra mulher.

Myllena de Luca
Capital News

Acesse no site de origem: Denúncias de violência doméstica no Mato Grosso do Sul aumentam 23,1% no primeiro semestre (Capital News – 09/08/2016)