Dez anos da Lei Maria da Penha são comemorados em sessão solene do Congresso (Câmara dos Deputados – 19/08/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Solenidade contou com a presença da vítima de violência doméstica que deu nome à lei, considerada um marco no combate à violência contra a mulher

A farmacêutica Maria da Penha Maia Fernandes poderá ser indicada pelo Senado e pelo Governo do Distrito Federal (GDF) para concorrer ao prêmio Nobel da Paz de 2016. O prêmio é entregue anualmente no mês de outubro, em Oslo, na Noruega.

Leia mais: TJDFT participa de sessão solene do Congresso em homenagem aos 10 anos da Lei Maria da Penha (TJDFT – 17/08/2016)

Em 1982, Maria da Penha levou à Corte Interamericana de Direitos Humanos as duas tentativas de assassinato que sofreu do ex-companheiro, quebrando a inércia judicial brasileira em relação à violência contra mulheres.

Presente à solenidade, Maria da Penha Maia Fernandes disse que a lei contribuiu para alterar o comportamento do agressor em relação à vítima, sobretudo por conta do aumento da punição. Como avanços, ela ressaltou a definição de medidas protetivas à vítima de agressão, a criação de varas especializadas para esses casos no Poder Judiciário e de núcleos de gêneros no Ministério Público, além da criação de casas de abrigo.

Reportagem — Vera Morgado

Acesse no site de origem: Dez anos da Lei Maria da Penha são comemorados em sessão solene do Congresso (Câmara dos Deputados – 19/08/2016)