Em Florianópolis, 16 Dias de Ativismo contra a violência (Pref. Florianópolis – 17/11/2014)

Mobilização será lançada às 17 horas da próxima quinta-feira, no Largo da Alfândega

Florianópolis vai participar ativamente da campanha mundial 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, que, na cidade, será lançada às 17 horas da próxima quinta-feira (20), no Largo da Alfândega, no Centro. No Brasil, a iniciativa é deflagrada cinco dias antes dos demais 158 países participantes da campanha, para conciliá-la com os atos pelo Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro.

16 dias_florianopolis

Na Capital, a sexta edição da campanha organizada pela Prefeitura, através da Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (CMPPM), que vai até o dia 10 de dezembro, tem como tema “Conheça e Faça Valer seus Direitos”.

Neste sentido, ela será marcada por 40 atividades, como palestra sobre violência obstétrica, pedágio educativo com distribuição de cartilha sobre a Lei Maria da Penha (que coíbe e previne a violência doméstica e familiar contra a mulher) e debate sobre diversidade e gênero no mundo do trabalho, entre outras.

“Para o enfrentamento das discriminações que expõem as mulheres às violências, é necessário conhecer e entender as legislações e normas nacionais e internacionais que lhes garantem e asseguram direitos. A falta de conhecimento da legislação e a incompreensão sobre a desigualdade de gênero por parte da sociedade continuam a reforçar os estereótipos culturais sobre o corpo feminino, naturalizando a violência e contribuindo para a exposição das mulheres a todo tipo de risco”, compreende a CMPPM.

A Coordenadora Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Dalva Maria Kaiser, destaca que, este ano, a campanha conta com a participação de organizações privadas, além das entidades públicas das áreas da mulher e de direitos humanos, o que evidencia uma maior mobilização e sensibilização da sociedade com a questão.

Números da violência

De acordo com o Mapa da Violência de 2012, o Brasil ocupa a sétima posição em número de homicídios femininos, entre 84 países, e Florianópolis, a 25ª posição, no total de 27 capitais brasileiras. Vale destacar que esses dados apresentam elevados níveis de “feminicídio”, tido como crime praticado contra a mulher em razão do gênero.

Confira a programação da Campanha

Acesse no site de origem: Em Florianópolis, 16 Dias de Ativismo contra a violência (Pref. Florianópolis – 17/11/2014)