Em Gurupi, Vara da Mulher realiza atividade de conscientização sobre violência (TJTO – 23/10/2013)

Profissionais orientam população sobre a Lei Maria da Penha (Foto: TJTO)

Profissionais orientam população sobre a Lei Maria da Penha (Foto: TJTO)

No intuito de conscientizar sobre a violência contra a mulher, a equipe da Vara Especializada no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Comarca de Gurupi promoveu, ao longo da última semana, uma ação no Parque Mutuca. Enquanto as mulheres aguardavam atendimento na unidade móvel “Saúde Cidadã, Saúde da Mulher”, a equipe distribuiu folders informativos e respondeu a perguntas sobre o tema.

Embora a violência contra a mulher tenha recebido crescente atenção e mobilização por parte da sociedade, ainda há dúvidas sobre o tema, conforme explicou a coordenadora da equipe, a psicóloga Inajara Duarte Arruda. Entre as questões abordadas estavam “Para que serve a Lei Maria da Penha”, “O que é a violência doméstica e familiar contra a mulher”, “Qual a importância de denunciar”, e “A quem e como recorrer”. Ao todo, cerca de cem mulheres receberam as informações durante a semana.

Segundo a psicóloga, “muitas mulheres pensam que só a violência física é violência, mas existem outras formas, como a psicológica. Por isso é de suma importância que as mulheres tenham consciência de seus direitos, sobretudo no que tange à violência doméstica e familiar”, afirmou Inajara Duarte Arruda.

Unidade móvel

A unidade móvel que atendeu às mulheres no Parque Mutuca, em Gurupi, entre os dias 7 e 18 de outubro, faz parte do programa “Saúde Cidadã, Saúde da Mulher”, do governo do Estado, que oferece exames preventivos gratuitamente, como o do colo de uterino e a mamografia. Cada unidade móvel realiza 50 procedimentos por dia e entrega os resultados no prazo de três a quatro dias úteis.

Acesse no site de origem: Em Gurupi, Vara da Mulher realiza atividade de conscientização sobre violência (TJTO – 23/10/2013)