Em parceria com a ONU Mulheres, Instituto Avon lança campanha de enfrentamento à violência contra as mulheres

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Campanha do Instituto Avon, em parceria com a ONU Mulheres, traz em websérie inédita histórias reais e trilha sonora exclusiva que usa o poder da música para empoderar e alertar todas as mulheres sobre os diferentes tipos de violência. Produção faz parte da programação oficial dos 16 dias de ativismo, mobilização mundial pelo fim da violência contra as mulheres. Luiza Brunet é a protagonista do 1º episódio sobre violência moral e exposição da vida íntima

Visível ou invisível a violência contra as mulheres ganha cada vez mais estatísticas alarmantes. Uma iniciativa do Instituto Avon, em parceria com a ONU Mulheres, dá voz à histórias reais por meio de depoimentos e músicas. Um dos principais objetivos da websérie Quando Existe Voz é usar o poder da música para empoderar e alertar todas as mulheres sobre os diferentes tipos de violência.

A produção conta com 5 episódios retratando mulheres que viveram e enfrentaram a violência e hoje são exemplos de superação de algum tipo de violência. Cada episódio traz ainda a participação de uma conselheira que aborda os caminhos para que qualquer pessoa possa, de alguma forma, ajudar uma mulher a sair de uma situação de violência.

Além dos depoimentos, os episódios trazem uma trilha sonora especial e exclusiva para cada um dos temas abordados. As músicas são assinadas pelas irmãs Carol e Vitória Marcilio, duas jovens de Florianópolis, que estão ganhando a internet com respostas a músicas misóginas e machistas.

Apesar de uma vida pública, a atriz sempre se manteve discreta em seus relacionamentos e conta como foi lidar, mesmo depois da agressão, com toda uma campanha orquestrada para manchar sua credibilidade e tornar mais difícil o processo judicial. “Só nós mulheres podemos mudar a situação. Temos que nos unir para superar e para ajudar outras mulheres. Dois anos depois me sinto orgulhosa e, mesmo depois de ter me perdido na caminhada, posso dizer que agora me encontrei. A coragem é transformadora”.

No episódio participa ainda a educadora social Bel Santos que conta sobre seu trabalho realizado na periferia de São Paulo com adolescentes que sofreram com a exposição da vida íntima, seus efeitos e como lidar com a situação.

Quando Existe Voz – O lançamento da websérie faz parte da programação oficial dos 16 dias de ativismo, movimento global pelo fim da violência contra as mulheres. O primeiro episódio já está no ar nos canais proprietários do Instituto Avon.

“O trabalho de enfrentamento à violência contra a mulher é algo recorrente, pois vivemos uma realidade que assola um número cada vez maior de mulheres. Por meio da música, buscamos um novo canal para conversar com todas essas mulheres. É um projeto que vem para completar todo o trabalho de articulação e apoio que o Instituto Avon já realiza com seus parceiros”, destaca Daniela Grelin, gerente sênior do Instituto Avon.

A websérie foi produzida e dirigida por Bárbara Magri e Laura Zamboni e trará, a cada mês, um episódio diferente sobre violência moral, psicológica, sexual, física e patrimonial. Entre as personagens, estão a ativista Maria da Penha e conselheiras como Mariana Ganzarolli, da Rede Feminista de Juristas e Maria Sylvia Oliveira, do Instituto Geledés.

Acompanhe os canais do Instituto Avon:

Site: www.institutoavon.org.br
Youtube: www.youtube.com/institutoavon
Facebook: Facebook.com/InstitutoAvonOficial
Instagram: @InstitutoAvon

Acesse no site de origem: Em parceria com a ONU Mulheres, Instituto Avon lança campanha de enfrentamento à violência contra as mulheres (ONU Mulheres – 30/11/2017)