Encontro com a rede encerra atividades da IV Semana de Justiça pela Paz em Casa (TJSE – 11/03/2016)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

“Nós não podemos fazer política judiciária sem o apoio da rede”, com essa frase a Juíza Coordenadora da Mulher do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe, Isabela Sampaio Alves Santana, abriu na manhã desta sexta-feira, 11, o encontro Tecendo a rede, construindo laços para o enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, que encerrou as atividades da 4ª Semana Nacional da Justiça Pela Paz em Casa.

O encontro teve o objetivo de reunir toda rede de enfrentamento/atendimento à mulher vítima de violência doméstica, para discutir ações que estão sendo efetuadas pelos órgãos competentes. Durante o evento a Juíza Coordenadora, Isabela Sampaio, apresentou os projetos da Coordenadoria da Mulher do TJSE e reforçou o convite para uma construção coletiva de projetos que garantam os direitos da mulher.

Presente nas discussões, a Delegada da Mulher, Renata Aboim, que atua no Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), elogiou a iniciativa do TJSE. “Foi uma reunião objetiva, com exposições de projetos e ideias para dar efetividade à Lei Maria da Penha”.

A presidente do Conselho Municipal da Mulher, Adélia Pessoa, que também representou a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Sergipe, disse que o Poder Judiciário de Sergipe pode fazer a diferença na luta no enfrentamento da violência familiar. “O papel da Coordenadoria da Mulher é fundamental no trabalho de absorver o que podemos fazer coletivamente”, explicou.

Ao final do encontro, a Juíza Coordenadora fez uma reflexão positiva de toda semana de engajamento do TJSE na Semana Nacional de Justiça pela Paz em Casa, quando foram realizadas audiências concentradas no Juizado de Violência Doméstica do Fórum Gumersindo Bessa, palestras, apresentações teatrais, distribuição de material educativo e exposições, sendo que todas as ações visam o combate à violência doméstica contra a mulher. “A Coordenadoria da Mulher conseguiu sensibilizar a sociedade civil para o enfrentamento dessa temática”, finalizou.

Acesse no site de origem: Encontro com a rede encerra atividades da IV Semana de Justiça pela Paz em Casa (TJSE – 11/03/2016)