Entrega de veículos avança mais uma etapa no Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência e pela igualdade de gênero (Gov do MS – 09/09/2013)

Veículos serão utilizados no atendimento às mulheres em situação de violência (Foto: Rachid Waqued)

Veículos serão utilizados no atendimento às mulheres em situação de violência (Foto: Rachid Waqued)

Durante o evento da entrega dos 18 carros e 12 motos para 21 municípios de Mato Grosso do Sul fortalecerem o combate à violência contra a mulher, coordenadores e prefeitos realizaram um avalição  positiva sobre as ações que vêm sendo desenvolvidas desde a adesão do Estado ao Pacto Nacional pelo Enfrentamento da Violência contra a Mulher. “A parceria entre o Governo do Estado e Governo Federal munindo os municípios de meios e estrutura no combate à violência reforça os trabalhos de fortalecimento que são voltados para a igualdade, reconhecimento e respeito às mulheres”, definiu Adão Rolim, prefeito de São Gabriel do Oeste.

O evento, que aconteceu na tarde de hoje (9), no Pátio da Governadoria, teve a presença da secretária-adjunta da Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República (SPM- PR), Rosângela Rigo que falou sobre a expansão da rede de enfrentamento no estado e consolidação de outras ações. “Na nossa visão em briga de marido e mulher o Estado mete a colher. Em 1999, quando MS criou uma política voltada para mulher foram escolhidos municípios pólos e assim construindo o que chamamos de rede de enfrentamento, o que foi dando mais segurança às mulheres. A construção do Pacto também é outro fator que vem aumentando a atuação da rede nos municípios e a entrega desses veículos com certeza vai dar mais agilidade às ações”, explicou Rosângela.

Autoridades do governo federal e municipal participam da entrega (Foto: Rachid Waqued)

Autoridades do governo federal e municipal participam da entrega (Foto: Rachid Waqued)

Para a coordenadora de Políticas para Mulheres de Sidrolândia, Solangi Stefanello, o recebimento do veículo será de grande ajuda para o município, uma vez que há um grande número de assentamentos. “Acredito no fortalecimento das atividades da nossa coordenadoria e na eficiência com esse carro, pois temos em Sidrolândia 25 assentamentos, 7 acampamentos e um índice de violência muito grande na área rural. Pela coordenadoria realizamos nestes locais trabalhos voltados para o resgate da autoestima da mulher, palestras educativas e seminários. Agora poderemos fazer com mais frequência e melhorar a assistência”, disse.

O prefeito de Nioque, Gerson Serpa, também enfrenta problemas semelhantes aos de Sidrolândia na assistência às mulheres. “Temos dificuldade de visitar os assentamentos, além das aldeias e comunidades quilombolas, a violência é realmente muito grande nestes locais”.

Segundo a titular da Coordenadoria da Mulher de Dois Irmãos do Buriti, Regina Nogueira, os trabalhos desenvolvidos na região com as 6 aldeias, 4 assentamentos e o Distrito de Palmeiras depende essencialmente da Secretaria de Assistência Social. “Agora teremos liberdade e mais agilidade nas ações que desenvolvemos e estamos contentes com os outros equipamentos que vamos receber como computadores, datashow”. De acordo com a primeira-dama do município, Cristiane Volk, há dois anos, Dois Irmãos desenvolve trabalhos para mulheres em situação de violência, neste caso, uma feira das artes, que atualmente já abrange até o setor de hortifruti. “O projeto se chama Mulheres de Atitude e foi criado por iniciativa das próprias mulheres”, contou.

Se para alguns municípios ainda falta muita estrutura, para outros como Dourados, o que falta é pouco. Consolidado no cenário da rede de enfrentamento à violência contra a mulher uma das únicas questões pendentes no município, após a entrega do carro e da moto, é a Casa Abrigo. Segundo a coordenadora local, Bárbara Nicodemos, a base de atendimento ‘Viva Mulher’ atende em média 40 a 80 ligações por mês. “A grande questão é que a Casa Abrigo poderia atender a região, mas como os custos ficaram apenas a cargo do município fica difícil. Então só conseguimos atender Dourados, mas a proposta com a verba do Pacto Nacional é podermos ampliar o atendimento aos municípios que se consorciarem para a ação”.

A entrega das motos e carros é parte do Pacto Nacional pelo Enfrentamento da Violência contra Mulher onde foram investidos R$ 611 mil reais, mas os recursos previstos para MS é de R$ 1.797.628,00 de reais.

Foram contemplados nesta ação os municípios de: Aquidauana, Batayporã, Campo Grande, Corguinho, Corumbá, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jardim, Ladário, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranhos, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia.

Acesse no site de origem: Entrega de veículos avança mais uma etapa no Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência e pela igualdade de gênero (Gov do MS – 09/09/2013)