Estado vai ceder área para construção da Casa da Mulher Brasileira (Gov. MT – 28/08/2015)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Dando continuidade às negociações para a criação da Casa da Mulher Brasileira em Cuiabá, a primeira-dama do Estado, Samira Martins, apresentou ao Governo Federal uma área localizada no Centro Político Administrativo, de aproximadamente 8.000 m², onde a Casa deverá ser construída.

Na quarta-feira (26.08), Samira apresentou o terreno para a representante da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) da Presidência da República, Fernanda Papa, responsável pelo programa. O local foi escolhido, entre outras opções, para facilitar o acesso das mulheres vítimas de violência, que necessitam do atendimento.

“Não basta termos um terreno que atenda as exigências da equipe de engenharia da SPM, temos que pensar em como essa mulher vai chegar até a casa e ainda na vizinhança para que ela possa se sentir acolhida, em vez de mais amedrontada. Estamos oferecendo uma área nobre do Estado, bem localizada para facilitar o acesso”, explicou a primeira-dama.

Os recursos para a construção da Casa da Mulher Brasileira estão garantidos pela Medida Provisória 615, sancionada pela presidente Dilma Rousseff em outubro de 2013.

Desde o inicio do ano, o Núcleo de Ações Voluntárias, com o apoio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas) e da Superintendência de Políticas para as Mulheres, dialoga com a SPM para que o projeto Casa da Mulher Brasileira chegue a Mato Grosso. O projeto é um dos eixos do programa Mulher, Viver sem Violência, criado pelo Governo Federal em 2013 por meio do Decreto nº. 8.086.

A casa integra a Rede de Atendimento, concentrando os principais serviços. Além de recepção, acolhimento e triagem, a mulher recebe apoio psicossocial, tem acesso à delegacia especializada, juizado especializado em violência domestica e familiar contra as mulheres, promotoria especializada, defensoria pública, serviço de promoção e autonomia econômica, espaço de cuidados das crianças com brinquedoteca, alojamento de passagem e central de transportes.

“Estive recentemente na Casa da Mulher Brasileira em Brasília e pude ver de perto o funcionamento do espaço. Esse, com certeza, é um projeto essencial, temos que amparar essas mulheres e darmos a elas um novo encaminhamento para que possam recomeçar a vida com dignidade”, defendeu Samira.

Acesse no site de origem: Estado vai ceder área para construção da Casa da Mulher Brasileira (Gov. MT – 28/08/2015)